Publicidade



A história do dia da Páscoa e seus símbolos, coelho e ovos

Como todas as datas comemorativas religiosas, a Páscoa também está ligada a fatos e festas que já existiam há muitos anos antes de Cristo. Dizem que era uma data ligada ao início da primavera em muitos países da Europa, Egito e alguns países, que marcava a esperança de nova vida. Para os judeus seria uma data ligada ao êxodo do Egito, guiados por Moisés e a travessia pelo mar Vermelho, saindo da escravidão imposta pelos faraós. A igreja católica teria se apropriado destas comemorações e associado à ressurreição de Cristo, como a esperança de novos tempos.
A Páscoa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo o primeiro domingo após a lua cheia seguinte à entrada do equinócio de outono no hemisfério sul ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 22 de março e 25 de abril. A data da Páscoa foi fixada no primeiro concílio de Nicéia, no ano de 325.
Dizem que a ligação do coelho a essa data se deve por ser um animal símbolo da fertilidade, bem como os ovos, que na antiguidade era costume se comemorar essa data pintando ovos de galinha ou outras aves e presenteando parentes e amigos. Somente após a descoberta das Américas e a descoberta do chocolate, que já era conhecido dos Incas e Astecas, é que começaram a utilizá-lo para fabricar ovos, costume que foi muito bem explorado pelo comércio.

As datas móveis que dependem da Páscoa são:
• Terça-feira de Carnaval – quarenta e sete dias antes da Páscoa.
• Quaresma – Inicia na quarta-feira de cinzas e termina no domingo de Ramos (uma semana antes da Páscoa) .
• Sexta-feira Santa – a sexta-feira imediatamente anterior.
• Pentecostes – o oitavo domingo após a Páscoa
• Corpus Christi ou Corpo de Deus – a quinta-feira imediatamente após o Pentecostes.
Esta fixação da data do Carnaval, que é uma festa que vem da antiguidade e comemorada em todo o mundo, gerou muitos problemas no Brasil neste ano de 2008. Aqui o Carnaval tomou as proporções que todos conhecem e se transformou em uma grande indústria do turismo. Como neste ano esta data caiu no início de fevereiro, muito próxima das festas de natal e ano novo, prejudicou muito as arrecadações do setor e já estão cogitando na fixação da data de Carnaval no Brasil de maneira independente da tradicional em todo o mundo, principalmente os cariocas.
Tudo pelo dinheiro !!!

Publicidade