Publicidade



Brasil, um país que prefere as cotas ao desenvolvimento das pessoas

O Brasil virou um país das cotas. Há cotas para tudo. Cotas para negros nas faculdades, cotas para índios, cotas para quem estudou em escolas públicas, cotas para deficientes em faculdades e nas empresas. Só falta cotas para os sem cotas.
Não seria melhor e mais digno o governo procurar aprimorar o aprendizado? Melhorar o nível das escolas públicas? Melhor as condições de vida para todos os pobres, inclusive os negros? Em vez de dar cotas somente para uma raça, contemplar todas, atribuindo vantagens pela classe social e não pela cor do indivíduo?
Assim que se cria a discriminação racial. No futuro, ao entrar em um hospital, o cidadão vai querer saber a cor do médico, a faculdade onde ele estudou, se entrou por cotas ou não, etc, etc. O mesmo poderá ocorrer com outras profissões.
Eu daqui para frente já serei este tipo de cidadão, pois não é possível um governo tão relaxado assim em nosso país.

Publicidade