Category Archives: Alianças de casamentos

Quanto custa um casamento?

Dizem que casar saiu de moda. Não vejo isso como uma verdade, porque casais continuam a se formar todos os dias.

Porém, podemos dizer que fazer festa de casamento anda meio com os dias complicados, pois atualmente poucos tem dinheiro ou estão dispostos para dispensar para esse, digamos, luxo nos dias de hoje.

Os custos são muito elevados para se promover tal festa, os recursos andam escassos e economizar esta grana para o início da vida a dois pode fazer muito bem.

Se somarmos todos os gastos, como roupas para o dia, locação de carro especial, decoração da igreja ou do local da cerimônia, músicos, taxas de cartório, igreja e outros, além, é claro, da recepção em um bom restaurante, o gasto, se economizado, praticamente já daria para garantir um carro para o casal, ou uma boa entrada em um imóvel.

Essa é a razão que ouço por aí, para a escassez das grandes festas de outrora.

Como surgiu a aliança de casamento

Acredita-se que os Faraós do Egito foram os primeiros a usar um círculo, sem começo ou fim, como um símbolo da eternidade, mas usar uma aliança como promessa pública de honrar um contrato de casamento não se tornou comum até a época Romana. As primeiras alianças eram feitas de ferro Em ouro com pedras preciosas tornaram-se moda na época Medieval. As gemas mais populares eram simbólicas – o Rubi (vermelho) era a cor do coração, a Safira azul refletia o céu – mas a mais apreciada e poderosa pedra preciosa era o “indestrutível” diamante.
Simboliza a perfeição, a unidade perfeita sem começo ou fim. Para alguns ela representa santidade, perfeição e paz, assim como o Sol, a Terra e o universo.

O Papa Inocente III declarou que deveria haver um período de espera que deveria ser observado entre o pedido de casamento e a realização da cerimônia matrimonial. É por isso que hoje existe um anel de noivado e depois a aliança de casamento.

A mão esquerda foi escolhida ao invés da direita devido a ser menos ativa que a direita tornando-se mais seguro.
Como saber a medida para seu anel
1. Dê uma volta no seu dedo com um barbante, linha ou algum tipo de fio flexível;
2. Marque no fio a medida exata da circunferência de seu dedo;
3. Estenda o fio sobre uma régua e leia o comprimento marcado no fio.
4. Veja tabela abaixo para saber o número equivalente ao seu dedo
Exemplo:
Você mediu 5,70 cm = número do aro: 17
Veja a sua medida5,00 cm equivale ao número = 10
5,20 cm equivale ao número = 12
5,40 cm equivale ao número = 14
5,60 cm equivale ao número = 16
5,80 cm equivale ao número = 18
6,00 cm equivale ao número = 20
6,20 cm equivale ao número = 22
6,40 cm equivale ao número = 24
6,60 cm equivale ao número = 26
6,80 cm equivale ao número = 28
7,00 cm equivale ao número = 30
7,20 cm equivale ao número = 32
7,40 cm equivale ao número = 34
7,60 cm equivale ao número = 36
7,80 cm equivale ao número = 38
8,00 cm equivale ao número = 40

A internet aplicada aos casamentos

Essa já é demais! Casamentos sendo transmitidos ao vivo pela internet.

Dias atrás vi uma reportagem na TV que dá muito bem a noção de quanto a tecnologia, principalmente a internet, está presente em nossas vidas nos dias de hoje. Uma empresa promotora de eventos organiza toda a festa de casamento, desde a decoração da igreja, recepção aos convidados, fotos, filmes, etc.

Mas a inovação é que os convidados que não puderem ir à festa, tanto na igreja como na recepção, poderão acompanhar tudo ao vivo pela internet.
Mas aposto que os noivos querem os presentes na forma real, mesmo que por correio tradicional !

Você sabe escolher um presente de casamento?

Parece fácil, mas escolher um presente de casamento não é tarefa das melhores. Se os noivos não são tão íntimos podemos até ter mais facilidade, escolhendo alguma coisa convencional.
Mas se são pessoas muito próximas, por um lado podemos conhecer melhor o casal e isso torna a escolha mais acertada, mas por outro lado pode nos restringir e até nos constranger, se nossas finanças não estiverem à altura da exigência dos noivos.
Algumas lojas criaram uma maneira de facilitar as coisas e até evitar a repetição, criando as tais “listas”, mas também acabaram criando um problema, pois à medida que os itens vão sendo eliminados vai deixando os presenteadores com a escolha mais restrita e muitas vezes não cabendo mais no bolso dos retardatários, uma vez que os primeiros já escolheram tudo o que era de menor valor.
Muitos optam por presentes diferenciados como diárias de hotéis em lugares famosos e até passagens aéreas, para a lua de mel do casal ou até mesmo o fazem em dinheiro.
Em casamentos do interior, há mais de quarenta anos atrás, nos quais fui a muitos, naquelas épocas eram novidades e se valorizavam os presentes de panelas de pressões e panelas esmaltadas, depois vieram as de “teflon”, mas se via muitos presentearem com pinicos, tão normais naquelas épocas nas casas do interior.

O turismo é movido pelos aposentados

Os aposentados são praticamente os que movem a indústria do turismo no mundo atualmente. Não me refiro aos aposentados brasileiros, que não conseguem sequer cuidar da sua saúde, tão precário é o valor que recebem, mas os aposentados europeus, principalmente são os que mais viajam e gastam, movimentando os vários segmentos do turismo.
Na cidade onde eu moro, a bela Curitiba no Paraná, é comum vermos pelos vários parques que a cidade possui ou nos muitos restaurantes, quase todos italianos, do bairro gastronômico de Santa Felicidade, ônibus com visitantes estrangeiros. Eles têm tempo, dinheiro e vontade de viajar e conhecer novos lugares.
Movimentam agências de turismos, transportes, hotéis, restaurantes e muitos outros segmentos de prestações de serviços, sempre dispostos a servi-los.
No Brasil nossos aposentados costumavam gastar nos bingos, hoje proibidos. Mas o que está crescendo em todas as cidades são as casas dançantes para a terceira idade, que preenchem as tardes destas pessoas, expulsam a solidão e a depressão e ainda conseguem dar início a esperançosos e empolgados casamentos de pessoas com mais de sessenta anos de idade.

Dia dos namorados. Celular de presente ?

Como todas as outras datas comemorativas, o dia dos namorados é mais uma data voltada ao comércio.
No Brasil comemora-se no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio, considerado o santo casamenteiro, porém em outros países do mundo, principalmente os europeus, esta data é comemorada no dia de São Valentino, em fevereiro, que teria dado origem a essa data ainda na idade média.
Os namorados trocam mensagens de amor e procuram comemorar em restaurantes e motéis, que ficam lotados nesta data.
O comércio sugere os mais variados presentes, mas o que tem ganho muita força nos últimos anos é o aparelho celular, que serve posteriormente para intensificar a relação.

A máquina de lavar roupas e a vida de solteiro

No mundo moderno aumenta cada vez mais o número de pessoas que vivem sozinhas. O envolvimento com os negócios torna as pessoas cada vez mais isoladas das famílias. Quase não se tem tempo para os filhos e para o cônjuge. Talvez seja esse o motivo de tantas separações nos dias de hoje. Não há mais tanta cumplicidade entre os casais. È cada um por si.
Os afazeres domésticos não são mais exclusividade das mulheres, que cada vez mais estão trabalhando fora e quando chegam para casa necessitam de descanso para a jornada do dia seguinte. Homens e mulheres optam por viver sozinhos e se popularizam os apartamentos singles, com poucos cômodos, para não se ter muito trabalho.
Aquelas complicações de outrora já não existem. Hoje se faz refeições fora de casa com facilidade. Os cuidados com a roupa já não impedem um homem de morar sozinho. Existem máquinas de todas as marcas, modelos e tamanhos. Basta colocar a roupa lá e ir fazer outra coisa.
A vovó jamais imaginaria isso em sua infância, quando o homem era tão dependente de uma mulher. Hoje um homem sozinho até consegue criar um filho pequeno.

Manter a virgindade ainda é fundamental ?

Os costumes e a moral mudaram muito. Até a legislação ficou defasada. O machismo está um conceito ultrapassado. A legislação anda muito devagar e não consegue acompanhar a contento. Recentemente foi sancionada a lei Maria da Penha, para punir a violência contra a mulher, que ainda é considerada como ato normal no Brasil, mas parece que a sua aplicação ainda não deu muitos resultados. Vemos a violência contra a mulher sendo praticada a todo momento. Mas o pior é que a própria mulher algumas vezes também age dessa forma. Recentemente vimos o caso de uma delegada e uma juíza que mantiveram uma adolescente presa juntamente com homens na mesma cela.
Mas o tabu da virgindade parece já ter sido suplantado. Hoje os homens já não se preocupam se a mulher ainda é virgem ao se casarem. Acho isso um grande avanço. Acredito que mais importante que se preocupar com o conceito de virgindade é para os pais, família, escola e a sociedade como um todo, se preocuparem em ensinar às adolescentes os cuidados que se deve ter para não engravidarem de maneira indesejada ou para não contraírem doenças transmissíveis pelo ato sexual.

Os eletrodomésticos e a vida moderna

Quanta diferença entre a vida atual e o que era há uns cinqüenta anos atrás! Um homem viver sozinho naqueles tempos era algo fora de cogitação. Quem irá cozinhar para ele ? Quem irá lavar e passar a sua roupa ? Quem irá limpar a sua casa ?
Isso tudo mudou. Hoje uma pessoa, seja homem ou mulher, vive muito bem sozinho, até em pequenas cidades.
Os fabricantes de eletrodomésticos há muito tempo perceberam que era uma necessidade atender a um grande número de pessoas solitárias. Hoje um homem lava e passa sua roupa com facilidade, faz sua própria refeição, pois nem fogão necessita. Tem fornos e outros equipamentos elétricos, microondas e outros eletrodomésticos para resolver tudo. Além do mais os produtos já vem quase prontos para serem consumidos. Se não quiser se incomodar ou se não quer dispor de tempo para isso, basta sair de casa e encontrará na primeira esquina um bom restaurante a custos compatíveis e até mais vantajoso que fazer em casa. Proliferaram por todos os lugares os chamados restaurantes por quilo, que atendem a todos os paladares, costumes e até necessidades da saúde das pessoas.
Hoje em dia está crescendo o número de pessoas que vivem sozinhas por opção e ficam isentas da chatice de conviver com outra só por causa daquilo, que também se terceiriza com facilidade nos dias de hoje. Já é comum pais criarem filhos pequenos, longe das mães.
Como dizem por aí, para que ter uma vaca em casa só por causa de um copo de leite ? Outras rebatem dizendo, para que ter um porco em casa só por causa de cem gramas de salame ?

Aluguel de vestidos para noivas, debutantes e festas especiais

A vaidade feminina enriquece muito as festas. Muito bem vestidas elas competem entre si. Se numa festa uma amiga chamou a atenção de todos com suas vestes, será razão suficiente para que suas amigas invistam um pouco mais na festa seguinte.
Mas raros são os casos em que se manda confeccionar um vestido exclusivo. Para mulheres que tem uma vida social bem agitada seria muito gasto e poucos casos justificam tanto investimento.
Apareceram então os estabelecimentos de locação de trajes. São muitos espalhados pelas cidades e todos se saem muito bem. Bastam poucas horas, a mulher escolhe e os ajustes são feitos e ela sai muito bem vestida, com o traje adequado para aquela ocasião, seja uma festa de formatura, um casamento, uma festa de debutante ou outra qualquer.
Até as noivas que há alguns anos atrás mandavam confeccionar seus vestidos e os guardavam como relíquias, descobriram a inutilidade deste investimento e passaram a locar esses trajes, sem nenhum remorso de não ter guardado para sempre essa inútil lembrança, contentando-se apenas com as fotos e vídeos da ocasião.
Os homens já copiaram essa atitude e também andam esnobando por aí com trajes alugadas.