Category Archives: Bebidas.

Água tratada da torneira x água mineral do galão

Um produto dos mais nobres para o ser humano e que tanta polêmica gera é a água.

Uns acham que só se deve ingerir água engarrafada ou de galões, as chamadas águas minerais. Dizem ser mais pura, mais saudável, mas seguido vemos na mídia reportagens sobre produtos contaminados, inclusive de marcas de grande prestígio no mercado.

Porém alguns especialistas afirmam que a água de torneira, por ser tratada, seria melhor. Ela passa por vários processos, que controlam a cor, turgidez, pH e principalmente a adição do cloro, para esterilizar e matar bactérias e outros microorganismos, nocivos à saúde humana.

Mas seriam todas estas características verdadeiras? Nem sempre, pois até pode ser uma verdade quando a água sai da estação de tratamento, após todos os testes e controles laboratoriais, mas até ela chegar às nossas casas muita coisa acontece.

Nem sempre as tubulações são bem conservadas e podem passar por regiões contaminadas, deixando a água que vamos utilizar imprópria ao consumo. Muitas vezes sequer tomamos os devidos cuidados em nossas residências, como limpara as caixas de água com os cuidados requeridos.
Especialistas recomendam o uso da água tratada da torneira, mas após ser fervida ou filtrada.

Obesidade infantil

A obesidade infantil no Brasil já atingiu a casa dos 15 %, conforme as recentes estatísticas. Isto chega a ser alarmante.

As escolas em quase todos os Estados já vêm se mobilizando no sentido de promover campanhas educativas, incluindo nas disciplinas lições de alimentação saudável.

Em muitas escolas são proibidas as cantinas internas de venderem refrigerantes, lanches com frituras, doces e outros alimentos que não são saudáveis, porém o grande problema está nos lanches que as crianças trazem de casa.

Por mais que a escola se esforce, a criança não criará hábitos saudáveis sem a contribuição dos pais. Muitos pais não prepararam um lanche saudável e as crianças passam até por sérios constrangimentos na escola, pressionados pelas orientações e até pelos próprios colegas.

Alguns colégios até acabam adotando medidas polêmicas, como proibir e até “confiscar” certos lanches ou os colegas têm que dividir seus lanches com os amiguinhos que trouxeram lanches inadequados.

Mas há de se fazer um grande esforço, pois se desde criança a pessoa já for acometida da obesidade, quando crescer certamente sofrerá de outros males muito piores, como a diabetes, colesterol e outras doenças resultantes deste descuido da infância.

A lei seca faz aniversário de um ano

Já faz um ano de vigência em todo o Brasil da chamada “lei seca”, que penaliza os bêbados no volante. Realmente era necessária mais severidade, pois um veículo se transforma em uma arma na mão de pessoas irresponsáveis, colocando em risco muitas outras pessoas, além daquelas que estão no veículo com o irresponsável.
Mas será que a lei está sendo aplicada mesmo? Ou será que apenas os cidadãos comuns é que estão sujeitos a ela.

Para se ter uma idéia de que esta lei foi feita somente para os cidadãos indefesos, tivemos recentemente em Curitiba, capital do Paraná, um acidente que matou dois jovens e que foi provocado por um deputado deste Estado, com seu carro com velocidade em torno de 190 Km / h, que estava altamente alcoolizado. Pior é que este deputado estava sem permissão para dirigir e deveria ter sua carta de motorista caçada, pois tem muitas multas de trânsito por excesso de velocidade.

Este acidente acabou por evidenciar que a maioria dos deputados deste Estado também não poderia estar dirigindo, pois também têm em seus prontuários uma lista enorme de multas. Até um ministro, oriundo deste Estado, acabou aparecendo com seu prontuário repleto de multas e portando deveria estar impedido de dirigir.
É mais uma lei feita para os cidadãos normais e não para os “deuses’ deste nosso país.

Água de coco é realmente saudável?

A imagem do coco está associada a verão, sol e praia. Realmente em todas as nossas praias vende-se a água do coco ao natural, até onde não existem os coqueiros. Dizem que a água natural do coco é um complexo riquíssimo em sais minerais, vitaminas e outros ingredientes, muito benéficos à nossa saúde.

É uma bebida muito gostosa e repõem com eficiência as nossas perdas pela transpiração, reidratando o nosso organismo. É um soro natural super eficiente.

Mas tem pessoas que não conseguem beber e o associam a gosto de remédios, talvez pela lembrança de alguma doença que tiveram no passado, que a deixaram com tristes lembranças.
E você gosta de água de coco?

O perigo dos alimentos de quiosques de praias

O verão e as férias estão sempre associados às praias. Em qualquer praia os quiosques surgem aos montes à beira mar e vendem quase de tudo. Milho verde cozido; churros; coxinhas; pastéis; bebidas preparadas, algumas com o nome de “capetas”, verdadeiros coquetéis para arrebentar com o fígado da pessoa.
Até nas praias mais tradicionais e estruturadas esses quiosques são mal fiscalizados e muitos deles sequer possuem alvarás de funcionamentos. Higiene é coisa que quase não existe nesses quiosques. O perigo corre solto. Contaminação desses alimentos, por manipulação ou má condições de conservação é coisa mais provável.
As autoridades circulam entre eles sem incomodá-los, com desprezo total pela saúde da população.
Precisamos melhorar as condições das nossas poluídas praias não só na qualidade das águas, mas também na infra-estrutura e principalmente na área de alimentação.

A dieta do mediterrâneo pode prolongar a vida mesmo?

Ouvimos com freqüência vários tipos de dietas. A maioria são receitas para emagrecimento outras para prolongar a vida. Dieta da lua, dieta do sangue, dieta da água, dieta disso e daquilo.
Uma reportagem recente de uma emissora de TV falava da dieta do Mediterrâneo. Dizem que na região italiana do Mediterrâneo as pessoas tem vida prolongada, devido a alimentação da região, com consumo diário de vinho, óleo de oliva e peixes, principalmente a sardinha e peixe espada, que são ricos em ômega três, que é anti-oxidante e retarda o envelhecimento das células do nosso organismo.
Alguns dizem também que a alimentação baseada em frutas, verduras e cereais também nos deixam com mais saúde e retardam o nosso envelhecimento.
Tudo isso pode até ser verdade, mas acho que deve ser combinado com a prática regular de exercícios físicos e deve-se evitar o estresse, coisa difícil nos conturbados dias de hoje.

Você confia na água da sua torneira ou prefere a mineral ?

O consumo de água mineral no Brasil cresceu assustadoramente nos últimos anos. Será pela qualidade das águas tratadas que chegam em nossas torneiras?
Mas será que também são confiáveis as águas minerais comercializadas por aqui? Nem uma coisa e nem outra. É verdade que pode se justificar o aumento do consumo de água mineral pela baixa confiança que se tem na água tratada, fornecida pelas nossas autoridades, mas também temos notícias que as águas comercializadas por aqui não tem sido das melhores. Em testes divulgados no “fantástico”, programa da Rede Globo, demonstrou-se que muitas marcas foram reprovadas.
Concluímos que deve haver mais fiscalização na qualidade dos produtos comercializados, tanto da água tratada como da água mineral.

Remédios contra alcoolismo e drogas

Nos últimos anos a medicina está em alta, com grandes descobertas, principalmente na linha das células troncos. Os cientistas buscam a descoberta da cura de doenças famosas, que matam milhares por ano em todo o mundo ou deixam suas vítimas sofrendo por vários anos.
Uma destas doenças é o câncer, que há anos se busca um remédio e muito pouco se tem conseguido. Outras doenças, como AIDS também tem sido alvo dos cientistas.
Porém um mal que o mundo todo sofre com suas conseqüências é o vício de produtos tóxicos, como maconha, cocaína, craque e principalmente o alcoolismo, o mais popular de todos.
Agora o que está dando muito o que falar é a divulgação feita por um médico francês, Olivier Ameisen, que publicou um livro onde conta inclusive sua própria experiência com o uso de um remédio relaxante muscular, o baclofen, que serviria para que o paciente também esquecesse o vício do álcool.
Alguns não acreditam, porém outros médicos afirmam que já aplicaram com sucesso em seus pacientes. Vamos torcer para que se não for verdade pelo menos abra caminho para uma descoberta contra estes vícios.

Área de alimentação não para na crise

A crise parece mesmo ter se instalado no mundo todo e promete ficar por alguns anos. Todos estão muito apreensivos. Uns preocupados em manter seus empregos, outros em manter suas fortunas.
O mundo precisa de ajustes. Ajustes em diversos setores. Os valores andam invertidos. Talvez a extravagância tenha encontrado seu limite.
Porém em qualquer crise nem tudo vai mal. Algum setor sempre encontra suas oportunidades e acaba se saindo bem.
Nessas horas o melhor mesmo é escutar a voz da experiência. Meu pai, ainda moço e tentando fazer a vida, tentou de tudo, até motorista em época que nem estradas existiam ele foi. Até que em suas andanças por esse mundo, um senhor com alguma experiência de vida já acumulada lhe disse : “setor de alimentos não perece em nenhuma crise, pois a cada dia mais gente vêm ao mundo e todos precisam de comer e beber”.
Como ele era daqueles que respeitava os mais velhos, procurou interpretar melhor esse ditado. Foi quando ele investiu por esse rumo. Sem nada no bolso para começar, porém com muita determinação, iniciou como industrial no ramo de alimentos. Não fez grandes fortunas, porém atravessou varias crises e em cada uma ele verificava que seus negócios melhoravam.
Concluímos que o ramo de alimentos, se não melhora, pelo menos não perece nas crises.

O suco artificial faz mal à saúde?

Lembro bem quando ainda criança, há uns 40 anos atrás, surgiu no mercado o chamado suco artificial, em pó, em pacotinhos, como ainda hoje. Naqueles tempos foi uma grande novidade. Bastava um daqueles pacotinhos, 10 litros de água e um pouco de açúcar e estava feita a festa da criançada.
Esta forma mais cômoda e rápida fez com que o suco natural, aquele feito com a própria fruta, laranja, limão e outras da região, fosse deixado de lado, substituído pelo mais prático. Mas não se levou em consideração que o suco natural contém as vitaminas e outros nutrientes que o artificial, feito com produtos químicos, nada disso possui.
Desta forma, com suco ou outros produtos artificiais, vamos aos poucos prejudicando nossa saúde.
Ainda bem, que aos poucos, uma nova corrente prega a volta ao passado, com utilização de produtos naturais e livres de agrotóxicos, inclusive.