Category Archives: Células tronco

O uso de células troncos adultas nas cirurgias plásticas

Foi realizado em São Paulo de 9 a 11 de outubro deste ano o 6º Simpósio de Rejuvenescimento Facial e Videocirurgia, Durante estes três dias, mais de 70 palestrantes do Brasil e exterior, especializados em cirurgia plástica, se reuniram para discutir e apresentar novidades, técnicas e experiências para cerca de 300 participantes.
Um dos temas que mais chamaram a atenção foi a utilização de células-tronco adultas em cirurgias plásticas. O médico Roberto Corrêa Chem, do Rio Grande do Sul, apresentou um estudo que trouxe os resultados obtidos com a injeção de gordura enriquecida com células-tronco em cirurgias de reconstrução. A gordura é retirada do próprio paciente por meio de uma lipoaspiração, e segue para um laboratório onde, por um processo de centrifugação, são obtidas as células-tronco em um processo que leva cerca de uma hora e meia. O material injetado novamente no paciente, segundo o médico, pode conseguir reconstruir cartilagens, tecidos gordurosos e ossos sem risco de rejeição do organismo.

Peles e gorduras. Riquezas jogadas fora nas cirurgias

A cirurgia que mais se popularizou nos tempos atuais no Brasil foi a cirurgia plástica. Tanto a corretiva quanto a estética.
Fazem-se diariamente dezenas de cirurgias de lipoaspiração no Brasil e as gorduras retiradas são simplesmente jogadas fora. O mesmo acontece com cirurgias com retiradas de peles.
Uma entrevista em uma emissora de TV, concedida pela Dra Lilian Piñero Eça, presidente do Instituto de Pesquisas de Células Troncos, chamou a atenção para o desperdiço que ainda está ocorrendo, quando as gorduras e as peles retiradas nessas cirurgias são simplesmente jogadas fora. Segundo ela já existem muitos bancos de gorduras e de peles que podem armazená-las e desta forma serem usadas para reparos de peles em tratamentos de queimados e também para pesquisas e utilizações de células troncos adultas, tanto de peles como de gorduras.
Uma verdadeira riqueza que não se deve jogar fora.

As células troncos embrionárias desenvolvidas no Brasil

Os cientistas investem pesado pelo rumo das células troncos, como o grande trunfo da atualidade para a cura de muitas doenças, que há anos se tenta e pouco êxito se conseguiu até agora, como o mal de Parkinson, lesões da medula, diabetes e até o câncer. .
O Brasil estava ficando para trás nas pesquisas por impedimentos da justiça. Após as pesquisas terem sido aprovadas pela lei da biossegurança em 2005, vieram os questionamentos e tudo ficou parado, até que em maio deste ano foi reconfirmado pelo Supremo Tribunal Federal e as pesquisas foram retomadas.
Essa semana os pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) produziram as primeiras células-tronco embrionárias humanas do Brasil. Liderados pela cientista Lygia da Veiga Pereira, os pesquisadores divulgaram a obtenção de uma linhagem estável de células tronco embrionárias. Para isso os cientistas do Instituto de Biociências da Universidade usaram 35 embriões que estavam congelados em clínicas de fertilização in vitro, que haviam sido doados pelos genitores.
Parabéns a esses cientistas e que Deus permita a eles conseguirem grandes sucessos em seus estudos, para livrarem muitas pessoas de tanto sofrimento.

Células tronco parecem ser realmente a revolução da medicina

Esta semana os cientistas divulgaram mais uma fantástica descoberta. Conseguiram transformar células da pele de uma pessoa em células nervosas. Com isso está aberto o caminho para o tratamento de doenças importantes de degeneração nervosa, que atacam muitas pessoas no mundo.
Que Deus abençoe e ilumine os cientistas do bem de todo o mundo.

As pesquisas com as células troncos e a oposição da igreja

O mundo todo vê nas pesquisas com células troncos a cura para muitas doenças que vêm atormentando a humanidade há anos. Muitos países já estão bem adiantados nos estudos sobre esse assunto, porém em outros, onde a igreja católica tem mais influência, os cientistas têm encontrado muita dificuldade para prosseguirem seus estudos.
No Brasil esse tema está em julgamento pela nossa justiça e ainda esse ano de 2008 provavelmente conheceremos nosso rumo, se caminharemos junto com os mais adiantados ou se teremos que perder valiosos anos.

Qual a descoberta mais importante do mundo ?

Se fizermos um balanço do desenvolvimento do mundo nos últimos séculos, certamente ficaremos assustados. Foram tantas descobertas em todos os ramos de conhecimentos que ficaremos em dúvida na hora de apontarmos qual foi a mais importante para o mundo ou a pior.
Descobertas na área da medicina e da saúde, química, física, astronomia, comunicação, transportes e tantas outras.
Listo algumas, que não estão na ordem cronológica e nem de maior importância, e o leitor certamente aumentará esta lista e ordenará, segundo sua opinião :
. Fogo.
. Roda.
. Alavanca.
. Vestuário.
. Cultivo de alimentos.
. Domesticação e uso do cavalo.
. Pólvora e armas de fogo.
. Uso do vento na navegação.
. Navio.
. Conjunto parafuso e porca.
. Máquinas a vapor.
. Descoberta dos tipos de sangue.
. Descoberta do uso das vacinas.
. Penicilina.
. Uso da morfina e outros atenuantes da dor.
. Cirurgias.
. A esterilização.
. A refrigeração para conservação de alimentos.
. O hábito de tomar banho todos os dias.
. Avião.
. Casamento.
. Eletricidade.
. Democracia.
. Motores de combustão interna ( gasolina, óleo diesel, álcool ).
. A imprensa.
. Máquina de escrever.
. Telégrafo.
. Telefone.
. Rádio.
. Cinema.
. Televisão.
. Computador.
. Internet.
. Carnaval.
. Descoberta do átomo e suas partículas.
. Descoberta do DNA.
. Energia nuclear.
. Bomba atômica.
. Células troncos.
. Avião a jato.
. Futebol.
. Bicicleta.
. Muleta.
. Óculos.
. Helicóptero.
. A escravidão.
. A cidade.
. Edifícios.
. Tratamento da água.
. A música.
. Trem.
. Solda de metais.
. Buchada de bode.
. Penico.
. Big Brother.
. Eleger o Bush, Hugo, Ego, Lula e outros.

As pesquisas com células troncos continuam aceleradas

A palavra do momento da medicina no mundo chama-se “células troncos”. Cientistas de todo mundo parecem acreditar que o domínio do desenvolvimento das células troncos vai resolver a maioria dos problemas da saúde dos seres humanos. Em quase todos os países cientistas se empenham ao máximo nas pesquisas, em todos os sentidos, buscando as soluções através das células troncos.
Agora uma agência sul-coreana, Yonhap, informou nesta sexta-feira, 01.02.2008, que cientistas criaram um tipo de célula-tronco a partir da pele de ratos de laboratório sem necessidade de empregar embriões humanos. Os responsáveis pela pesquisa fazem parte de uma equipe da Universidade de Cheju, liderada pelo professor Park Sei-pil e por Cho Ssang-ku, da Universidade de Kunkuk, ambas na Coréia do Sul.
As células-tronco podem ser empregadas para melhorar a técnica de transplante de órgãos, nervos e músculos, de modo a evitar a possibilidade de rejeição por parte do sistema imunológico do corpo. Este tipo de célula serviria para o tratamento de doenças graves como o mal de Alzheimer, a diabetes e a paralisia causada por danos na coluna vertebral.
Como se poderia imaginar, já se criaram empresas que lucram com a novidade. Elas cobram para fazer coleta e banco de células tronco das pessoas, alegando que futuramente poderão ser necessárias para tratamento de sua própria saúde. A Cryo-Cell, de Oldsmar, Flórida, é uma das diversas empresas que estão tentando criar um negócio baseado na armazenagem de células-tronco. A empresa afirma que o fluido menstrual contém células-tronco que poderiam um dia ser usadas em tratamentos médicos. Ela começou a comercializar um serviço de coleta e armazenagem de células contidas no fluido para futuro uso pelas mulheres. Ela alega que suas células podem ser transformadas em diversos tipos de tecidos, mas não dispõe de testes com animais que confirmem a alegação.
Daqui uns tempos vamos começara armazenar a nossa saliva, ela poderá ser muito útil !!!

Espermatozóide feminino e os filhos de casais de Lésbicas.

Cientistas britânicos da Universidade de New Castle afirmam ter criado espermatozóides a partir de células-tronco da medula óssea feminina, abrindo caminho para o fim da necessidade do pai na reprodução.
Agora eles estão esperando a “permissão ética” da universidade para dar continuidade ao trabalho, que consistiria em submeter os espermatozóides primitivos à meiose, um processo que permitiria a maturação do espermatozóide, tornando-o apto para a fertilização. Se conseguirem isso, casais de lésbicas poderão ter filhos sem a necessidade de um homem, já que o espermatozóide de uma mulher poderia fertilizar o óvulo da outra.
Isso já é o fim do mundo !
Ou pelo menos o inicio de um mundo novo !

As pesquisas sobre as células troncos e o câncer.

A pesquisa biomédica tem avançado muito nos últimos anos. O assunto do momento se chama células-tronco e foi deflagrada em 1998, quando James Thomson, da Universidade de Wisconsin (EUA), conseguiu isolar as primeiras células-tronco embrionárias, as mais versáteis que existem e já se pensa em usá-las para tratar problemas tão diversos quanto diabetes, mal de Parkinson e queimaduras
As células-tronco, também conhecidas como células-mãe ou células estaminais, são células que possuem a capacidade de se dividir dando origem a células semelhantes às progenitoras e de se transformar, num processo também conhecido por diferenciação celular, em outros tecidos do corpo, como ossos, nervos, músculos e sangue. No início da vida embrionária, as células-tronco são virtualmente totipotentes, ou seja, apresentam capacidade de gerar quaisquer tecidos do organismo.
Depois que um óvulo é fertilizado, começa a se dividir. Quando chega ao estágio de ter 140 células, há umas poucas células no meio da bola que ficam penduradas, como um pequeno candelabro. Estas são as células-tronco. São pluripotenciais. Pegue uma célula-tronco e implante-a num coração, e ela se tornará uma célula de coração. Coloque-a em um fígado, e se transformará em uma célula de fígado. Ponha-a em um cérebro, e ela se torna uma célula cerebral. Conceitualmente, as células-tronco apresentam duas características fundamentais: 1) auto-renovação ilimitada, por exemplo, a capacidade de multiplicar-se gerando células iguais à célula-original durante toda a vida, e ; 2) pluripotência, como, por exemplo, a capacidade de gerar diferentes tipos celulares.
São encontradas em células embrionárias e em vários locais do corpo, como no cordão umbilical, na medula óssea, no sangue, no fígado, na placenta e no líquido amniótico.
As células-tronco podem ser de dois tipos: adultas e embrionárias. As células-tronco adultas podem ser encontradas nos mais variados tecidos do corpo, sendo as da medula óssea, da placenta e do cordão umbilical as mais utilizadas. São de grande aplicação na medicina, já estando em estágio de ampla utilização. Além disso, como as células-tronco adultas são geralmente retiradas do próprio paciente, o risco de rejeição em sua utilização é muito baixo. As células-tronco embrionárias são extraídas dos embriões e acredita-se que elas podem se transformar em qualquer outra célula. As células-tronco adultas são mais limitadas, podendo apenas gerar tecidos específicos. Devido a essa limitação acredita-se que as células-tronco embrionárias sejam mais eficientes.
Até o momento, para conseguir células-tronco, os cientistas tinham de destruir os embriões, ação condenada por muitas pessoas e que levantava debates éticos. Três equipes de cientistas dos Estados Unidos e do Japão afirmaram ter obtido em ratos um material equivalmente às células-tronco embrionárias sem que embriões fossem destruídos. O novo estudo pode mudar esta realidade, pois faz com que células simples da pele comportem-se como células-tronco, evitando o uso de embriões. Se o mesmo procedimento puder ser feito em humanos, a descoberta pode se transformar em um marco para tratamentos médicos.
Na pesquisa da célula-tronco, os cientistas estão aprendendo como as células formam órgãos. Aprender como as células formam órgãos ( organogênese ) levará à descoberta sobre como as células se diferenciam e também por que algumas células recusam-se a se diferenciar e tornam-se células cancerosas.
A pesquisa da célula-tronco é uma estrada aberta para a pesquisa do câncer atualmente.