Category Archives: Cerveja

Remédios contra alcoolismo e drogas

Nos últimos anos a medicina está em alta, com grandes descobertas, principalmente na linha das células troncos. Os cientistas buscam a descoberta da cura de doenças famosas, que matam milhares por ano em todo o mundo ou deixam suas vítimas sofrendo por vários anos.
Uma destas doenças é o câncer, que há anos se busca um remédio e muito pouco se tem conseguido. Outras doenças, como AIDS também tem sido alvo dos cientistas.
Porém um mal que o mundo todo sofre com suas conseqüências é o vício de produtos tóxicos, como maconha, cocaína, craque e principalmente o alcoolismo, o mais popular de todos.
Agora o que está dando muito o que falar é a divulgação feita por um médico francês, Olivier Ameisen, que publicou um livro onde conta inclusive sua própria experiência com o uso de um remédio relaxante muscular, o baclofen, que serviria para que o paciente também esquecesse o vício do álcool.
Alguns não acreditam, porém outros médicos afirmam que já aplicaram com sucesso em seus pacientes. Vamos torcer para que se não for verdade pelo menos abra caminho para uma descoberta contra estes vícios.

Área de alimentação não para na crise

A crise parece mesmo ter se instalado no mundo todo e promete ficar por alguns anos. Todos estão muito apreensivos. Uns preocupados em manter seus empregos, outros em manter suas fortunas.
O mundo precisa de ajustes. Ajustes em diversos setores. Os valores andam invertidos. Talvez a extravagância tenha encontrado seu limite.
Porém em qualquer crise nem tudo vai mal. Algum setor sempre encontra suas oportunidades e acaba se saindo bem.
Nessas horas o melhor mesmo é escutar a voz da experiência. Meu pai, ainda moço e tentando fazer a vida, tentou de tudo, até motorista em época que nem estradas existiam ele foi. Até que em suas andanças por esse mundo, um senhor com alguma experiência de vida já acumulada lhe disse : “setor de alimentos não perece em nenhuma crise, pois a cada dia mais gente vêm ao mundo e todos precisam de comer e beber”.
Como ele era daqueles que respeitava os mais velhos, procurou interpretar melhor esse ditado. Foi quando ele investiu por esse rumo. Sem nada no bolso para começar, porém com muita determinação, iniciou como industrial no ramo de alimentos. Não fez grandes fortunas, porém atravessou varias crises e em cada uma ele verificava que seus negócios melhoravam.
Concluímos que o ramo de alimentos, se não melhora, pelo menos não perece nas crises.

Cerveja de casa, geléias e doces caseiros

Quem mora em cidade grande só vê isso em feiras, mas quem mora em cidades do interior está acostumado com essas guloseimas.
No interior quase todas as casas têm alguma coisa feita por eles mesmos, sem conservantes e sem produtos artificiais.
Lá encontramos os doces e geléias das mais variadas frutas, como pêra, marmelo, uva, etc. Bolacha e macarrão caseiros também são facilmente encontrados e muito gostosos.
As bebidas também são facilmente encontradas, como vinho, suco de uva, licores caseiros e a tradicional cerveja caseira.
Por lá quase em todas as casas é encontrada, principalmente em épocas como páscoa e natal. As qualidades são as mais variadas. Uns fazem umas cervejas impossíveis de se beber, porém sempre há os especialistas, que não erram nunca e suas bebidas são comparáveis às industriais.
Atualmente já é possível também em alguns lugares, principalmente em restaurantes e lanchonetes à beira das estradas, se encontrar todas essas produções caseiras.

A lei seca – tolerância zero para bebidas no trânsito

O Brasil todo está ainda surpreso com a lei que traz tolerância zero aos motoristas com as bebidas alcoólicas. Pronunciamentos prós e contras ouvimos todos os dias. Uns acham severa demais outros já acham que era necessário.
A verdade é que ninguém está proibido de beber, mas sim de dirigir embriagado. Acho isso muito positivo.
Esta medida está refazendo os hábitos de muitas pessoas. Mas acho que só isso não basta, pois deveria a medida ser mais abrangente e se fazer exames toxicológicos também e não só alcoólicos, pois é normal se ouvir sobre gravíssimos acidentes causados por motoristas sob efeitos de drogas. Dizem que motoristas de caminhão em sua maioria viajam dopados, sob efeito de comprimidos chamados de “rebites” e agora há até denúncias que muitos usam até cocaína para poder viajar mais horas sem dormir.
Outro problema será o da propina, pois nosso policiamento já anda muito corrupto e agora, com a valorização do problema, mais argumentos para eles, que poderão até aumentar o cachê.

A fusão de duas empresas gigantes cria a maior empresa do ramo cervejeiro do mundo

As grandes marcas continuam se fundindo e deixando os consumidores cada vez mais confusos.
No ramo cervejeiro isso também vem acontecendo em todo o mundo. No Brasil já se fundiram as principais marcas, Brahma, Skol e Antártica formaram a AMBEVE, que se fundiu com a empresa belga e formou a empresa Inbev, uma das maiores do mundo, anexando as marcas Stella arTois e Beck. Agora a Inbev anunciou a aquisição da empresa americana Anhenser – Busch, possuidora das marcas Budweiser e Michelob e se tornou a maior empresa do ramo cervejeiro do mundo.