Category Archives: Competições

Gastos com a copa do mundo e olimpíadas no Brasil.

Já se passou muito tempo desde que o Brasil foi escolhido para sediar a copa do mundo de 2014 e as olimpíadas de 2016.

Muitas obras foram exigidas pelos comitês organizadores destes eventos e nossos governantes se comprometeram a executá-las no tempo hábil.

Porém todos sabem que estas obras já estão atrasadas por diversos motivos e que muitas destas promessas jamais serão cumpridas.

Alguns políticos de oposição até já propuseram que o Brasil desista de sediar tais eventos, alegando que não será possível cumprir com as promessas e porque o retorno de tais investimentos, para a sociedade brasileira, é questionável.

Alguns até dizem que tais atrasos são propositais, para servirem de argumentos de execuções a custos superfaturados e sem os devidos cuidados nos processos licitatórios, que é muito comum por aqui, infelizmente.

Esta cogitação, que muito aflige o povo brasileiro, parece se tornar uma realidade, pois foram aprovadas pela câmara dos deputados em Brasília, neste mês de junho de 2011, algumas medidas propostas pelo governo federal, incluídas malandramente numa medida provisória, que visam manter em segredo as estimativas de custos dos empreendimentos e outras medidas, que restringem a transparência destes gastos.

Todos sabem o resultado desta tragédia anunciada há muito tempo!!!

O uso do viágara nos esportes é doping?

A altitude tem sido um grande aliado de algumas equipes de futebol em países da América Latina em jogos de seleções e principalmente pela Copa Libertadores das Américas. Os jogadores não resistem à falta de oxigênio das grandes altitudes, devido ao ar rarefeito.
Até o uso do viágara está sendo cogitado para fazer frente a essa briga. O remédio, que é usado para problemas de disfunção erétil dos homens, promove uma melhor circulação do sangue e consequentemente mais oxigenação do mesmo.
Isso está levando o departamento médico da equipe brasileira do Grêmio de Porto Alegre no Rio Grande do Sul a cogitar no seu uso nos atletas durante as partidas da Copa Libertadores, da qual irá participar neste ano de 2009.
Tudo porque seu uso não é ainda considerado como doping. Assim sendo vale de tudo, até jogar de muletas !

Aeromodelismo, um esporte para gente grande e muito apaixonados

A prática do aeromodelismo é para poucos. Envolve muitos recursos e não pode ser praticado em qualquer lugar. Mas é como uma droga, pois vicia. Quem começa não consegue mais largar, quer sempre o melhor modelo, com mais recursos de manobras e muito mais.
Abaixo um vídeo com algumas manobras.

Corridas de cavalos, um esporte que está quase em extinção no Brasil

As corridas de cavalos no Brasil já foram um dos esportes dos mais concorridos, apreciados e prestigiados. Hoje em dia os jovens já não se entusiasmam mais com o esforço dos animais.
Mas ainda restam uns saudosistas apaixonados por esse esporte. Esses, não tão jovens assim, fazem questão de comparecer aos hipódromos a caráter.
Torna-se até engraçado, quando vou a esses lugares, muito raramente, e fico contemplando o prazer com que os velhinhos se vestem e vão passar seu tempo de lazer. Terno, gravata e o famoso chapeuzinho, tudo rigorosamente dentro dos padrões. Isso quando também não se fazem acompanhar pelas madames, também trajadas em conformidade com o evento.
E a alegria da chegada, sem considerar a gritaria do percurso, se equivale a um gol do futebol. Quem ganha se enche de razão, se considera um profundo conhecedor e se entusiasma para a seguinte. Joga pesado no animal mais promissor e aí perde dobrado.
O segredo é apostar valores condizentes e apenas se divertir. No ganha e perde da tarde, retornar para casa mais descontraído, sem stress e pronto para enfrentar mais uma semana de pressões em nossa vida cotidiana de casa e do trabalho.

Quais serão as 7 maravilhas naturais do mundo moderno?

A fundação suíça New Seven Wonders (N7W) está organizando uma eleição para se saber quais são as 7 maravilhas naturais do mundo moderno.
A primeira fase da votação, que concorrem os 77 candidatos, vai até 31 de dezembro.. A N7W, fundação que promove o concurso, irá selecionar os 21 finalistas que concorrerão na segunda fase, que se estenderá durante o ano de 2009. As 7 Maravilhas da Natureza serão divulgadas em janeiro de 2010.
A sociedade se mobiliza para eleger as candidatas de sua região. O Brasil concorre com o Cristo Redentor no rio de Janeiro, Cataratas do Iguaçu no Paraná, entre outras.

Fazer estágio durante um curso de faculdade é importante?

                          Fazer um curso superior é muito importante. Ele nos dá visão e conhecimentos teóricos necessários para enfrentar as situações. Ele nos deixa com uma capacidade crítica e poder de decisão.     Mas somente ele não basta para sermos bons profissionais. Fazer vários estágios, em corporações diferentes é o recomendado. A faculdade não ensina a tratar com certas situações, que só no dia a dia das empresas é que aprendemos. Muitas vezes a pessoa tem grandes conhecimentos específicos, mas não consegue implantar suas idéias por falta de habilidades políticas entre os colegas e outro, muito menos capacitado, traz melhores resultados.  Como diz o ditado, ficamos mais forjados.    Além do mais, fazer estágios aumentam consideravelmente as chances de você sair da faculdade já empregado, na mesma empresa onde estagiou ou em outra.

A concorrência nas vagas dos cursos dos vestibulares

Chegou o final de ano e a maioria das faculdades já estão com as inscrições de seus vestibulares encerradas. Milhares de estudantes vão tentar um acesso à sua profissão dos sonhos. Outros nem sabem porque se inscreveram em certos cursos. Alguns se inscrevem em algum curso por pressão de amigos e familiares ou até para se livrarem destas pressões, para conseguir uma vaga em um curso qualquer de faculdade. Nem sequer conhecem sobre esta profissão e se tem alguma afinidade com ela.
Certos cursos viram moda em certo tempo e depois caem no esquecimento, voltando anos depois.
É normal se observar em alguns cursos de fácil aprovação uma desistência significativa logo nos primeiros meses, porque nem sempre a facilidade de aprovação significa que o curso seja fácil.
Poucos são os estudantes suficientemente informados e que escolhem conscientemente seus cursos. A maioria é movida pela influência de outros, da mídia e do status de certos cursos. Esses certamente serão péssimos profissionais, pois qualquer que seja a escolha, todas as profissões têm lados bons e ruins, que terão que enfrentar.
È necessário pensar bem, pois é um momento muito importante na vida de um adolescente, uma vez que significa uma encruzilhada que pode não ter volta ou a retomada de rumo pode ser muito onerosa e roubar preciosos anos da vida.

A politização das Olimpíadas de Pequim

Por mais que se queira, a Olimpíada que está começando lá na China, longe de ser só um evento esportivo, será muito politizada. Pode até ser que a força do governo chinês consiga abafar as manifestações, porém no mundo todo elas vão surgir com muita força e repercussão.
O propósito dos jogos é promover o entrosamento entre os povos e o bem estar, coisa que não há na China. A oportunidade de usar o evento para se manifestar não será evitada. Vozes surgirão em todo o mundo.
Vamos torcer para que não hajam atentados terroristas e outras violências, que não combinam com os propósitos dos jogos.

A poluição e as Olimpíadas de Pequim

Os países mais ricos e também os emergentes estiveram reunidos estes dias, tentando algum acordo, principalmente para resolver os graves problemas da poluição mundial, que aflige a todos e traz grandes conseqüências.
O Brasil e alguns países até que têm se preocupados com o tema. Cada vez mais os governantes têm agido no sentido de diminuir esse problema. Os municípios tentam regulamentar as condições de esgotos e poluições, exigindo dos proprietários residenciais e das empresas instalações adequadas.
Uma reportagem esses dias me chamou a atenção. Tratava da poluição em Pequim, que afetará os atletas durante a Olimpíada de 2008. As autoridades de lá vão proibir a circulação de grande parcela dos veículos durante o evento, bem como exigir a paralisação de algumas grandes indústrias poluidoras. Isso trará grandes transtornos para eles e muito pouco irá resolver, pois terminado o evento tudo voltará a ser como antes.
O planeta necessita de mais força de vontade, principalmente dos países mais ricos, que não querem alterar suas economias e ainda culpam e exigem dos mais pobres medidas drásticas demais.