Category Archives: Cosméticos

Sabonete líquido

A área de cosméticos e de higiene se transformou em um grande nicho de mercado.

Hoje já se encontram os mais variados produtos e cada dia surgem novos e revolucionários no mercado. Até lojas especializadas nesse ramos se proliferaram pelas cidades brasileiras.

Exemplo o sabão, que em outros tempos só se conhecia o de pedra, que as lavadeiras e as esfregadeiras dos tanques bem o conheciam.
Com o surgimento da máquina de lavar roupa não tardou para surgirem o sabão em pó e o sabão liquido.

O que se verifica atualmente é a moda de se utilizar o sabonete líquido, que é oferecido em vários perfumes, quase todos associados a flores ou frutas.
Na verdade ele é bem mais cômodo que o tradicional, em pedra, que deixa aquela crosta horrível e de difícil limpeza nas saboneteiras das pias e banheiros.

Quando pensamos que não há mais nada a se criar, somos surpreendidos por idéias originais e simples e de grande sucesso.

O uso da maquiagem entre crianças e adolescentes

Cresceu consideravelmente o uso de cosméticos entre as crianças e meninas adolescentes. Basta ter uma festinha qualquer que lá vão elas todas entupidas de maquiagens.

Até para ir ao colégio já vão todas cheias de maquiagens, motivadas uma pelas outras, provocadas pela vaidade típica das mulheres e manifestada cada vez mais cedo.

Mas se deve ter cuidado, pois aquilo que aparentemente é para melhorar a pele pode ter efeito contrário, uma vez que nem todos os produtos são dignos de tanta confiança assim.
O uso precoce e repetido pode também ter seus efeitos no futuro, quando a idade chegar.
Mas o que se pode fazer diante de tantas propagandas em todos os meios de comunicações?

Tratamento de beleza com produto a base de ouro

Isto é incrível. Até onde vai a vaidade humana. Uma notícia de deixar qualquer um assustado em tempos de crise.

Uma reportagem na TV mostrava um salão de beleza onde se faz tratamento de pele facial com produtos à base de ouro. O custo de cada seção é em torno de R$ 240,00 e não faltam mulheres clientes. Uma delas afirmou que faz duas seções por mês.

Já ouvi sobre tratamentos com lamas medicinais e até com vinho, mas com ouro ainda não tinha visto
Nesses tempos de crise acho que vou tentar uma vaga de faxineiro neste salão!

FPS – Fator de Proteção Solar. Você sabe o que significa?

Chegado o verão é tempo de férias, praias e muito sol. O sol é bom, porém em excesso traz conseqüências muito graves. Além das queimaduras da pele, que dói muito e forma bolhas, a longo prazo pode até causar o câncer de pele.
Portanto, devemos tomar muito cuidado quanto ao horário que vamos ficar expostos e mesmo assim devemos nos proteger com produtos especialmente fabricados para isso.
Usamos o protetor solar para impedir que a luz ultravioleta cause danos à pele. Existem duas categorias de luz UV, a UVA e a UVB, que são levadas em consideração quando falamos sobre o protetor solar. A UVB provoca queimaduras solares e a UVA tem efeitos mais em longo prazo sobre a pele, como o envelhecimento precoce. Os índices de FPS, ou fator de proteção solar, foram apresentados em 1962 para medir o efeito de um protetor solar contra os raios UVB.
Para determinar o FPS de um protetor, cientistas reuniram 20 pessoas com sensibilidade ao sol e mediram a quantidade de raios UV necessária para que elas ficassem vermelhas sem usar o protetor solar. Depois, refizeram o teste com o uso do protetor solar. O número “com protetor solar” é dividido pelo “sem protetor solar”, e o resultado é arredondado para baixo dentro dos cinco números mais próximos. Esse é o FPS.
Os índices de FPS começam no 2 e recentemente chegaram ao 70. Para descobrir por quanto tempo você pode tomar sol com um determinado FPS, use essa equação:
Quantidade de minutos até a pele ficar vermelha sem o protetor solar x
o índice de FPS = tempo máximo de exposição ao sol
Por exemplo, se a pele fica vermelha depois de 10 minutos de exposição, um FPS 15 irá permitir que você tome sol por até 150 minutos sem se queimar.

As clínicas de estética e os perigos que elas trazem

                          A vaidade do ser humano é muito antiga. Sabe-se que o ser humano sempre foi vaidoso e  isso tem comprovações na história. Até os nossos antecedentes já usavam adornos feitos de sementes, plantas, pedras, metais e muitos outros tipos. Já usavam a pintura do próprio corpo como meio de se diferenciar.    Atualmente não é diferente. Centenas de produtos são criados a todo momento, que prometem as mais diferentes vantagens, como tratamento de pele, eliminação de estrias, celulites, eliminação de olheiras, etc. Até pouco tempo isso era coisa de mulheres, mas sabe-se que tem crescido muito o número de homens que procuram esses serviços.     Mas onde está o perigo? O perigo é que estas clínicas de estéticas na verdade melhor mesmo é chamá-las de salões, pois nem sempre os profissionais são habilitados e reúnem os conhecimentos necessários para administrar os produtos e o fazem, muitas das vezes, somente motivados pelas vantagens comerciais.    Acho que as autoridades deveriam regulamentar melhor essa atividade, criar e exigir curso superior para esses profissionais.

Qual é o cheiro da sua loja?

No mundo comercial vale de tudo para promover sua loja ou seus produtos.
Outro dia ouvi uma reportagem muito interessante. Surgiram no mercado empresas especializadas em desenvolver perfumes específicos e personalizados para identificar as lojas. Assim você contrata uma destas empresas e ela desenvolve um cheiro que será o cartão de visita do seu estabelecimento ou da sua rede.
Isto me faz lembrar aquela história do ceguinho, que foi levado pelos amigos a uma destas casas de “mulheres sem juízo” e gostou muito. No dia seguinte ele estava sozinho pela cidade e passou em frente a uma peixaria e já foi logo gritando “oi meninas!”

A vaidade das pessoas. Os cosméticos e produtos de beleza

A vaidade, que era exclusivo das mulheres até pouco tempo atrás, agora já conta com muitos homens como adeptos. É ela também que fez aparecer um ramo da atividade econômica muito importante no Brasil, a indústria e o comércio de cosméticos e produtos para beleza, sem falar nos serviços.
Muitas mulheres e até homens hoje em dia sobrevivem com atividades deste ramo de negócio. São vendedoras informais, que formam verdadeiros batalhões, vendendo com catálogos e nas horas vagas. Ou atendendo em salões de belezas.
Nos dias de hoje a aparência se tornou tão importante para a saúde das pessoas, como a própria alimentação.

A indústria dos cosméticos vai muito bem, obrigado

Produtos de belezas e cosméticos em geral sempre andaram muito bem no Brasil, pois até mesmo os mais pobres consomem e fazem desses produtos um elemento de elevação da auto-estima.
Com o aumento do poder aquisitivo da população um grande impulso foi dado a essa indústria.
Basta observarmos nos supermercados as filas dos caixas, que invariavelmente na lista de compras das pessoas há algum produto de cosmético.
Hoje esse segmento movimenta milhões de reais anualmente no Brasil, gerando muitos empregos.

A moda de pintar o cabelo. As tintas e truques

Já não é mais possível saber se estamos namorando uma loira ou morena. Nos dias de hoje, com tanta facilidade para se pintar o cabelo, as mulheres se produzem de acordo com a demanda. Todas as cores e tonalidades são possíveis.
Surgiram muitos produtos e a qualidade dos mesmos também aumentou e hoje não há mais preconceitos. Até homens usam deliberadamente de tinturas e tratamentos nos cabelos, que grisalhos por aí é só quando isso dá algum charme, senão os cabelinhos brancos nunca aparecerão.
Temos até visto umas velhinhas de cabelos azuis. Deve ser uma raça de marcianas habitando a terra e nem sabemos.

Os cosméticos e as vaidades das mulheres

A mulher nasceu mesmo para ser vaidosa. Seja pobre ou seja rica ela gosta de se arrumar. Quando encontramos uma mulher que não se cuida, logo vemos que tem coisa errada. Alguma doença está tomando conta dela. Normalmente está com uma depressão. Quem visita asilos de senhoras de idade sabe que o presente que as velhinhas mais gostam são produtos de beleza, perfumes, etc. Mesmo recolhidas naqueles lugares e muitas vezes até abandonadas pelos próprios parentes elas se sentem muito melhores quando alguém lhes trata os cabelos, as unhas, a maquiagem. Levanta-lhes o astral. Ficam rejuvenicidas.
Até os homens estão quebrando o tabu e colocando em prática suas vaidades. Já é normal homens freqüentando salões de beleza, fazendo as unhas, usando cremes para a pele e outros tratamentos que até pouco tempo eram exclusivos do público feminino.
Os cosméticos são hoje praticamente produtos de primeira necessidade. Poucas marcas e somente as tradicionais eram encontradas no mercado. Hoje em dia os supermercados dispõem de grandes áreas para estes produtos, pois existe uma infinidade de marcas e tipos, com características específicas para cada tipo de consumidor. Gera também um mercado informal e muitos sobrevivem e até fazem um ótimo salário integrando a rede de vendas por catálogos, vendendo para as amigas, em casa ou no próprio trabalho.