Category Archives: Diabetes

Obesidade infantil

A obesidade infantil no Brasil já atingiu a casa dos 15 %, conforme as recentes estatísticas. Isto chega a ser alarmante.

As escolas em quase todos os Estados já vêm se mobilizando no sentido de promover campanhas educativas, incluindo nas disciplinas lições de alimentação saudável.

Em muitas escolas são proibidas as cantinas internas de venderem refrigerantes, lanches com frituras, doces e outros alimentos que não são saudáveis, porém o grande problema está nos lanches que as crianças trazem de casa.

Por mais que a escola se esforce, a criança não criará hábitos saudáveis sem a contribuição dos pais. Muitos pais não prepararam um lanche saudável e as crianças passam até por sérios constrangimentos na escola, pressionados pelas orientações e até pelos próprios colegas.

Alguns colégios até acabam adotando medidas polêmicas, como proibir e até “confiscar” certos lanches ou os colegas têm que dividir seus lanches com os amiguinhos que trouxeram lanches inadequados.

Mas há de se fazer um grande esforço, pois se desde criança a pessoa já for acometida da obesidade, quando crescer certamente sofrerá de outros males muito piores, como a diabetes, colesterol e outras doenças resultantes deste descuido da infância.

Esteira elétrica ou mecânica para ginástica

Todos os especialistas recomendam a prática de exercícios físicos para melhoria da saúde. Diminui o colesterol, a obesidade, a depressão, a diabetes, fica mais controlado, melhora a circulação sanguínea e tantos outros benefícios.
Uns vão praticar o futebol uma vez por semana, as famosas peladas. Nesta prática, forçam muito a musculatura e de maneira errada e se machucam muito.
O melhor mesmo são as caminhadas. Aí surge outro problema, pois nem todos têm um lugar adequado nas proximidades de suas casas, como um parque, um clube ou um lugar tranqüilo e sem o perigo e a poluição dos automóveis pelas ruas das cidades.
Alguns preferem comprar equipamentos de ginásticas e praticar os exercícios em casa. O equipamento mais usual é a esteira, que pode ser mecânica ou elétrica.
Porém a esteira em casa não é a mesma coisa que em uma academia ou uma boa caminhada em um parque. No início a pessoa até faz uso, mas com o passar do tempo fica mais uma “tralha” para usar o espaço e ficar atrapalhando dentro de casa.
Mas sempre devemos arrumar uma forma de praticar nossos exercícios físicos, para o bem de nossa saúde.

Você costuma ler os rótulos dos produtos antes de comprar?

Muita luta se tem feito para constar no rótulo dos produtos informações importantes aos consumidores, como data de validade, informações nutricionais, advertências para a saúde e outras, porém poucos têm a preocupação de ler tais informações antes de adquirir algum produto.
Muitas vezes os supermercados colocam em promoção algum produto cuja data de validade já venceu ou está prestes a vencer e a pessoa, querendo aproveitar a tal promoção, compra um monte deste produto, que vai demorar muitos dias para consumir.
Outras vezes a pessoa sofre de hipertensão e compra um produto que contém muito sódio, que vai agravar seu problema. Se sofre de problemas de diabetes a pessoa tem que estar atenta à presença de açúcar, principalmente a sacarose e outros produtos ou, se tem problemas de colesterol, o produto não pode conter altos índices de gorduras, como gorduras saturadas, gorduras trans, etc.
Você atenta para as informações do rótulo ao comprar seus produtos?

Porque as crianças não gostam de comer verduras?

A maioria das crianças não gosta de comer frutas e verduras. Elas preferem comidas com poucas vitaminas e outros nutrientes importantes, dando preferência para as guloseimas com altos teores de gorduras, sais e outros tantos “venenos” feitos justamente para viciá-las. Porque isto acontece? No meu entender ocorre por culpa dos próprios adultos, que também foram criados assim.
Se as refeições forem adequadas, com opções abundantes e variadas de verduras frescas, é possível acostumar uma pessoa desde pequena a gostar de todos os tipos, que levará isso para o resto de sua vida, tornando-a adepta de uma alimentação saudável, que certamente se refletirá na sua própria saúde.

AVC – acidente vascular cerebral, o famoso derrame cerebral

Uma das maiores causas de mortes no Brasil, não exclui classes sociais e nem mesmo faixas etárias. Pode ocorrer em qualquer idade e normalmente não avisa quando vai ocorrer.
O derrame ou AVC é causado é causado pela falta de irrigação de sangüínea no cérebro, seja por um rompimento ou entupimento de vaso. Ocorre morte dos neurônios da área afetada e se o paciente não for atendido a tempo pode provocar lesões mais graves e levar à morte.
A melhor maneira de evitar a doença é cuidar com os fatores de risco, como obesidade, hipertensão, diabetes e colesterol alto. Poucas pessoas monitoram estes itens e quando menos se espera são vítimas de AVC. Esses itens são causados por falta de cuidados na alimentação, como muito sal, comidas gordurosas, muita massa e outros alimentos não recomendados e também pela falta de exercícios físicos, fumo e estresse.
Os sintomas mais comuns são a tontura, dores de cabeça, perda de visão, dificuldade na fala, dormência em braços e pernas, náuseas.
Pode ocorrer em qualquer sexo e em qualquer idade, mas é mais comum nos homens acima de 60 anos.

Receitas médicas escritas no computador e as vendas de remédios nas farmácias

Quando vamos comprar qualquer remédio em uma farmácia, o vendedor já se preocupa em oferecer outro, alega que é a mesma coisa, que faz o mesmo efeito, que tem a mesma fórmula. Será que isso é verdade? Nem sempre, porque eles tentam vender o produto que lhes dá mais lucro, mais comissão. Daí você toma os tais remédios mais baratos, que nem sempre fazem o mesmo efeito e você gasta até mais e não se cura direito.
Outro problema que ocorre com freqüência é quando vamos com aquelas receitas de médicos, que são só rabiscos, que o farmacêutico tem que adivinhar o que está escrito. Nem sempre o vendedor da farmácia tem formação e percepção para adivinhar e vende o que ele imagina ser.
Há muito tempo se tem falado e combatido esse hábito dos médicos, que acham que quanto mais ilegível for sua receita, mais valorizado eles ficam.
Para eliminar com esse problema algumas atitudes tem sido tomadas pelos órgãos públicos. Em Brasília foi aprovada uma lei, que entrará em vigor dentro de 90 dias, que toda receita de médico ou dentista deverá ser impressa no computador. Desta forma eliminará este problema.
Acho bem melhor mesmo, pois receita é para ser lida e não adivinhada, além do que o profissional poderá se organizar com um cadastro e um prontuário dos pacientes, que em caso de necessidade a qualquer toque poderá se ter todo o histórico do paciente.
Os bons profissionais já fazem uso da tecnologia em seu trabalho.

Frutas e verduras na alimentação cotidiana. Os alimentos orgânicos

A alimentação com produtos orgânicos ganha força junto à população. Já é possível se encontrar em quase todos os mercados gôndolas, que crescem cada vez mais em tamanhos e variedades. Ainda são mais caros que os convencionais, mas a tendência é que num futuro muito próximo seus preços se equivalham.
Especialistas recomendam a alimentação correta, com menos frituras, gorduras, carnes e massas e mais verduras, frutas e cereais.
Acho que isso é uma verdade. Minha mãe, que já passou dos oitenta anos e possui uma saúde em dia, sempre diz que devemos sempre comer mais a carne da horta, referindo-se às verduras.
Uma reportagem em uma emissora de TV esta semana chamou a atenção dos poderes das frutas e verduras na nossa alimentação diária. Nesta reportagem foi comentado sobre uma pesquisa feita por um especialista em Campinas, que conseguiu reduzir o índice de colesterol e glicose no sangue de um grupo de pessoas, sem modificar seus hábitos alimentares, somente com a inclusão diária nas suas refeições de uma porção de abacate. Outra fruta recomendada para se consumir diariamente é a banana.
Frutas e verduras nunca fazem mal, são de fácil digestão, suprem o nosso organismo de fibras, vitaminas, sais minerais e muitos outros nutrientes, mantendo-nos com saúde e desta forma afastando-nos dos hospitais, dos médicos e dos remédios.

Açúcar, farinha de trigo e sal. Os diabos brancos para o nosso organismo!

                          Quase todos nós temos algum problema de saúde. Muitas das doenças são imperceptíveis e só vão se manifestar quando já é tarde. É o caso da hipertensão e do diabetes. Por isso devemos monitorar desde cedo essas situações, antes que seja tarde e tenhamos toda a nossa saúde avariada.     Cuidados na alimentação e nos hábitos são fundamentais. Mas não adianta só se cuidar na alimentação e ser sedentário, deixando de praticar atividades físicas.   Existe um ditado que devemos tomar cuidado com os três pós brancos, açúcar, farinha de trigo e sal. São os elementos que podem aumentar descontroladamente os índices de glicose, triglicerídios e sódio no sangue, que levam a pessoa a ter diabetes e hipertensão.      São os diabos brancos para o nosso organismo!

Suco verde e a fonte de juventude

Muito se fala sobre a alimentação correta para se ter uma boa saúde. As mais diversas dietas são recomendadas. Uns recomendam comer carnes, outros condenam esta dieta. Uns dizem que devemos ser vegetarianos, mas outros são contra. Na verdade bom mesmo é se alimentar de tudo, porém com moderação.
Recentemente uma grande emissora de TV, em um programa de boa audiência, fez uma reportagem a respeito de uma dieta à base de suco de cereais e vegetais, que chamaram de “suco verde”. Não duvido da eficácia do tal suco, porém considerá-lo tão milagroso já é demais.
É verdade que se alimentar de frutas, verduras e pouca carne é uma receita bem antiga, que aprendi com meus avós, que já trouxeram essa cultura da Europa.
Talvez seja essa a fonte da juventude ou a receita da velhice, pois muitos dos velhinhos que encontramos por aí dão exemplos de alimentação correta, bem distante da utilizada pela maioria da população nos dias de hoje, à base de lanches e frituras.

As células troncos embrionárias desenvolvidas no Brasil

Os cientistas investem pesado pelo rumo das células troncos, como o grande trunfo da atualidade para a cura de muitas doenças, que há anos se tenta e pouco êxito se conseguiu até agora, como o mal de Parkinson, lesões da medula, diabetes e até o câncer. .
O Brasil estava ficando para trás nas pesquisas por impedimentos da justiça. Após as pesquisas terem sido aprovadas pela lei da biossegurança em 2005, vieram os questionamentos e tudo ficou parado, até que em maio deste ano foi reconfirmado pelo Supremo Tribunal Federal e as pesquisas foram retomadas.
Essa semana os pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) produziram as primeiras células-tronco embrionárias humanas do Brasil. Liderados pela cientista Lygia da Veiga Pereira, os pesquisadores divulgaram a obtenção de uma linhagem estável de células tronco embrionárias. Para isso os cientistas do Instituto de Biociências da Universidade usaram 35 embriões que estavam congelados em clínicas de fertilização in vitro, que haviam sido doados pelos genitores.
Parabéns a esses cientistas e que Deus permita a eles conseguirem grandes sucessos em seus estudos, para livrarem muitas pessoas de tanto sofrimento.