Category Archives: Impostos

Gastos com a copa do mundo e olimpíadas no Brasil.

Já se passou muito tempo desde que o Brasil foi escolhido para sediar a copa do mundo de 2014 e as olimpíadas de 2016.

Muitas obras foram exigidas pelos comitês organizadores destes eventos e nossos governantes se comprometeram a executá-las no tempo hábil.

Porém todos sabem que estas obras já estão atrasadas por diversos motivos e que muitas destas promessas jamais serão cumpridas.

Alguns políticos de oposição até já propuseram que o Brasil desista de sediar tais eventos, alegando que não será possível cumprir com as promessas e porque o retorno de tais investimentos, para a sociedade brasileira, é questionável.

Alguns até dizem que tais atrasos são propositais, para servirem de argumentos de execuções a custos superfaturados e sem os devidos cuidados nos processos licitatórios, que é muito comum por aqui, infelizmente.

Esta cogitação, que muito aflige o povo brasileiro, parece se tornar uma realidade, pois foram aprovadas pela câmara dos deputados em Brasília, neste mês de junho de 2011, algumas medidas propostas pelo governo federal, incluídas malandramente numa medida provisória, que visam manter em segredo as estimativas de custos dos empreendimentos e outras medidas, que restringem a transparência destes gastos.

Todos sabem o resultado desta tragédia anunciada há muito tempo!!!

Os investimentos para a copa do mundo e as grandes obras necessárias no Brasil

O Brasil se candidatou e foi escolhido para sediar a copa de 2014. Para isso a FIFA faz uma série de exigências, que nossos governantes estão dispostos a cumprir. Demandará grandes investimentos e o retorno não é tão garantido assim.
Será que estamos em condições de arcar com tais investimentos? Será que não seria melhor para o povo brasileiro que tal montante fosse investido em escolas, saúde, moradias, estradas, segurança e tantas outras necessidades do nosso povo ?
Vendo as catástrofes com as enchentes, por falta de obras para evitá-las, vemos o pouco caso dos nossos governantes com os contribuintes e a população em geral,
Eles pensam só no quanto um certo evento poderá render eleitoralmente.

Como é difícil abrir uma empresa no Brasil

Acho que somos um dos poucos países do mundo onde ser honesto e trabalhador a pessoa é severamente punida.
Aqui é mais fácil e tranqüilo trabalhar na clandestinidade que ser legalizado. Basta a pessoa ameaçar que vai abrir uma empresa que já aparece alguém ou algum órgão público com um talão para cobrar algum imposto ou taxa.
Nesse nosso país agora a pessoa honesta tem que pagar tudo em dobro e mesmo assim não tem os benefícios dos tributos que recolhe.
Paga-se muitos impostos e mesmo assim tem que pagar escola particular para os filhos, planos de saúde, segurança particular, pedágios nas estradas e outras tantas em dobro.
E o pior de tudo que ainda somos penalizados, pois além de sustentar com bolsas famílias e outros tantos benefícios uma geração de vagabundos que está se criando nesse país, por conta dos nossos atuais governantes, nossos filhos estão sendo quase que proibidos de freqüentar as faculdades públicas pela aprovação de metade das vagas para os “vagabundos”, que esse governo tanto protege.
Desta forma o Lula e seu governo vão criar no Brasil uma segregação racial de grande proporções!

Você concorda com a guerra fiscal de estados e municípios para atrair empresas?

Municípios e Estados oferecem de tudo para atrair empresas. Dizem que é bom porque atrai empregos, movimenta a economia. Você concorda com isso?
Aqui em Curitiba onde eu moro, um ex-governador adotou muito esta política anos atrás, concedendo muitas vantagens a empresas multinacionais, como anistia de impostos, terrenos para instalação e outras benesses.
Assim que os anos de anistia de impostos se acabaram elas sumiram para outros Estados e até para fora do país. Essas empresas também sempre alimentaram com caixa dois e até se envolvendo em falcatruas do antigo Banestado para alimentar esse grupo político com as propinas.
Até hoje o povo do Paraná está pagando por esses desmandos do Sr. Jaime Lerner, aclamado como um dos grandes arquitetos, mas na verdade se der um prancheta a ele não sai nada.

Os hospitais no Brasil são pouco aparelhados e há um desleixo dos governantes

Como vai a saúde no Brasil? Está aí um setor onde os nossos governantes estão devendo muito. Basta precisarmos deste serviço que constatamos o quanto está deficiente e quanto os governantes são irresponsáveis.
O governo federal bate recordes de arrecadação todos os meses, tal é a carga tributária sobre os brasileiros. O trabalhador leva para casa uma mixaria no final do mês, com descontos de todos os tipos. Todos querem morder o coitado do trabalhador, até a deplorável raça de parasitas chamados sindicalistas, os quais odeio muito.
O INSS desconta uma fortuna de todos e se ouve que é deficitário, que não consegue cobrir os benefícios e aplicar na saúde, que deveria ter a condenada CPMF novamente e outros discursos.
Na verdade o que vemos é falta de vontade política para resolver os problemas dos cidadãos, como segurança, saúde, educação, empregos, etc.
Pouco se investe em equipamentos hospitalares. Quando se fala em investimentos na saúde o que vemos é aumento de salários de alguns e o restante é desviado. Não se criam novas unidades hospitalares e nem se melhoram as já existentes.
Está na hora dos cidadãos serem mais respeitados e terem seus impostos retornados em forma de benefícios, que é o verdadeiro objetivo para o qual são criados.

Qual o efeito da atual crise financeira mundial para o cidadão brasileiro?

                         Não teve jeito. Embora o Lula tivesse afirmado que a atual crise dos EUA não chegaria ao Brasil, porque ela “não tinha atravessado o Atlântico”, ela aqui chegou, pois esqueceram de avisá-lo que não seria necessário a crise fazer essa gigante proeza.    Na verdade, quando ele fez essa afirmação o Brasil já estava sofrendo com a crise há mais de um ano. Ou ele está mal informado ou, como sempre, fazendo de conta que não sabe de nada.       É de conhecimento de todos, que estão minimamente envolvidos no meio industrial, que as empresas vêm sofrendo muito para exportar, devido o baixo valor das moedas como o dólar e o euro em relação ao real.     Mas em se tratando da crise mundial, que começou nos  EUA com a chamada crise imobiliária, ela já vem afetando os brasileiros há mais de um ano realmente. Muitas empresas que exportavam para lá, já fecharam as portas e demitiram milhares de funcionários, principalmente as empresas ligadas ás construções, como madeireiras, cerâmicas e outras.    Agora essa crise atingiu o setor financeiro em cheio e se propagou para o resto do mundo. Muitas empresas grandes aqui do Brasil, que tinham operações em instituições lá de fora, estão tomando grandes prejuízos e não se sabe se vão sobreviver.     Acho que os bons tempos terminaram, pois eram muito mais devido às causas externas que méritos do atual governo brasileiro, que sempre procurou atribuir a si mesmo o crescimento das atividades econômicas aqui dentro, mesmo tendo sido o tempo todo um grande empecilho, com as altas taxas de impostos e o incontido gasto público.     Agora tudo poderá estar de volta, como o desemprego, os baixos salários, a falta de créditos e todas as outras dificuldades conhecidas de todos nós.

A indústria de brinquedos no Brasil e os produtos chineses

O Brasil tem uma indústria pujante em todos os setores. O segmento de brinquedos é um mercado amplo não só aqui, mas em toda a América Latina.
Porém vem sofrendo muito com a concorrência de produtos chineses, não só nos brinquedos, mas nos eletrônicos também. O nosso grande problema é o nosso governo muito fraco, que só pensa em aumentar impostos, que pouco faz para combater a corrupção e só pensa em programas populistas e eleitoreiros. Ninguém está mais suportando o tal do Lula, com seus discursos que pensa estar falando para sindicalistas.
É necessário baixar os impostos e fazer com que a nossa indústria assuma o lugar que é dela ou esse “cara” vai quebrar o Brasil.

O correio brasileiro, um serviço de boa qualidade e fundamental

As reclamações do povo brasileiro com relação aos serviços públicos, que funcionam de maneira muito precária no Brasil, parecem não serem ouvidas. O governo arrecada muito e cada vez mais quer aumentar nossos impostos, com promessas de melhorar o atendimento à saúde, educação, combate à violência e outros setores, porém o que vemos é só corrupção e desvio desse dinheiro, para uso em iniciativas puramente eleitoreiras, disfarçadas de sociais.
Mas um serviço do qual pouca queixa podemos ter é o do correio brasileiro. É claro que os méritos a ele atribuídos não podemos creditar ao atual governo, que pelo contrário quase colocou tudo a perder com os recentes escândalos que envolveu esta entidade. Este bom atendimento teve início há muitos anos atrás. Muita contribuição os correios já deram a este país, principalmente aos lugares mais longínquos e de difíceis acessos, onde ainda não chegaram os outros serviços, como telefonia e internet.
A internet e a telefonia, principalmente a celular, têm abreviado muito o uso dos correios, mas ainda não está acessível para todo o povo brasileiro.
Espero que este governo não detone com os poucos serviços que podem ser considerados bons neste país !

Pirataria comercial. Falsificação de uísque, tênis, boné, disco, dvd, dinheiro

Seguidamente vemos notícias de apreensões de produtos falsificados, os chamados “piratas”. Quadrilhas falsificam de tudo, desde cigarros a remédios. Ainda esta semana vimos o caso, que não é o primeiro, da apreensão de bebidas falsificadas. A quadrilha falsificava marcas famosas de bebidas, como uísque e outras, que eram vendidas em casas noturnas. Até analgésicos misturavam nestas bebidas, sem medir as conseqüências para a saúde das vítimas que iriam beber.
Há alguns meses atrás vimos o caso da falsificação de remédios. Já ouvimos muito sobre falsificação no ramo musical, onde os camelôs espalhados pelo Brasil todo vendem livremente, até mesmo antes do lançamento, músicas dos mais famosos artistas brasileiros. Cigarros também andam falsificando. Outros produtos, como bonés, tênis e roupas famosas também são falsificadas.
Alguma coisa está errada nisso tudo. Em parte é porque os preços dos originais são inacessíveis à grande massa da população, devido a alta carga tributária imposta pelo governo brasileiro e em parte pela facilidade que se tem no Brasil para agir impunemente e até subornando as autoridades, que fazem parte das quadrilhas.
Sem falar na falsificação do próprio dinheiro !!!

O lixo urbano, problema de difícil solução

Cada vez que o pessoal das empresas de recolhimento de lixos faz uma greve, as cidades sentem o valor dessa gente. É um trabalho difícil, mas tem um valor enorme. Não é possível ficar muito tempo sem o recolhimento do lixo em uma cidade.
Sem o recolhimento esse lixo gera mau cheiro e prolifera insetos e roedores diversos, transmitindo tudo que tipo de doenças. Basta qualquer chuva e esse lixo vai trancar os bueiros, causando mais catástrofes ainda e mais doenças surgirão.
As cidades tem tido grandes problemas não só na coleta desse lixo como no seu armazenamento e tratamento. Poucas são as cidades que tem tratamento adequado. Algumas até estão aproveitando esse lixo e após um tratamento em biodigestores transformam esse lixo em energia, aproveitando o gás gerado, além de adubo orgânico.
Outras tem programas de reciclagens e aproveitam grande parte do material, como metais, vidros e plásticos.
Países da Europa já estão até pagando caro pela retirada e exportação desse lixo, como ouvi recentemente que uma empresa estava transportando lixo de lá para o Paraguai.
Em nossas contas do IPTU a coleta do lixo já representa uma parte significativa do valor.