Category Archives: Opinião

Ventilador ou ar condicionado?

O calor está chegando forte neste verão. Em algumas horas do dia torna-se insuportável permanecer em ambientes fechados. Daí recorre-se a equipamentos, como ventiladores e ar condicionado.
A questão é saber o que é melhor ou pior para a nossa saúde. O suposto conforto do ar condicionado pode trazer conseqüências graves, pois nem sempre se dá uma manutenção adequada aos equipamentos, gerando bactérias, ácaros e muito mais fatores para trazer doenças respiratórias.
O ventilador por outro lado pode não resolver muito, fazendo apenas o ar quente e contaminado circular, sem a sua renovação.
O melhor mesmo se for possível é a ventilação natural, recipientes com pé direito alto, janelas grandes, com boa aeração. Mas isso só se encontra em arquiteturas antigas, não mais nos nossos dias.

Jóia é um bom presente de natal para as adolescentes

Presentear pode não ser tão simples assim, principalmente adolescentes, que já sabem o que querem e não é qualquer coisa que os satisfaz. Se for menina é mais complicado ainda.
Já enfrentei muitas dificuldades com isso, mas também já aprendi a lição. A dificuldade foi até quando me ensinaram que para menina adolescente jóias são sempre bons presentes. Por mais que elas possuam, uma nova sempre faz a diferença.
Perfumes somente se conhecermos bem a pessoa, caso contrário o investimento pode não resultar em nada ou até no lixo.
Mas com essa crise somente começando, muitos vão ganhar caixinhas de bom-bons ou nada.

Querem dar o calote no Brasil. É necessário nosso governo assumir outra postura

Depois que o Equador resolveu não pagar os empréstimos do BNDES, num montante de US$ 243 milhões, para as obras da Hidrelétrica de San Francisco, construída naquele país pelo consórcio liderado pela empresa brasileira Norberto Odebrecht, que foi expulsa de lá por problemas de funcionamento da usina, outros governos da América Latina, como Venezuela, Bolívia e até o Paraguai, resolveram auditar as suas contas e ameaçam um calote no BNDES, pleiteando desta forma uma anistia do Brasil junto àqueles países.
A postura do nosso governo, em matéria de política externa vem sendo equivocada em vários aspectos. Este posicionamento destes países se deve ao comportamento até então assumido pelo atual governo brasileiro, que trata todos como irmãozinhos mais pobres, em detrimento dos interesses do povo brasileiro.
Assim foi também ao assumir e assinar aquele acordo sobre a auto- determinação dos povos indígenas, que os estudiosos insistem em dizer que poderá levar o Brasil a perder grande parte dos seus territórios para nações indígenas, cujo controle e manipulação já vem sendo feita por países como EUA e outros da Europa.
É muita incompetência para um só governo. Ou se muda a postura ou o povo brasileiro tem que trocar de governo.

As mulheres no mercado de trabalho, você concorda?

Estatísticas mostram a crescente participação das mulheres nos trabalhos da construção civil e outros. Elas vieram para ficar. Alguns poderiam argumentar que os trabalhos na construção civil são muito pesados para elas, mas isso não é verdade. Elas participam nos trabalhos leves e mais delicados, onde são bem superiores aos homens, tanto na qualidade quanto no desempenho. Nas atividades como colocação de azulejos, cerâmicas, peças sanitárias, pinturas e outras que exigem maior delicadeza elas dão de goleadas nos homens.
Não é só na construção civil que elas se destacam, pois há muitas empresas onde as características das atividades são muito mais eficientes se executadas por mulheres. Trabalhei como gerente de produção em uma metalúrgica, onde mais de 70 % dos funcionários eram mulheres. Nos setores de preparação e pintura das peças elas representavam quase 100 %, bem como no setor de montagem, que envolvia muitos componentes minúsculos em cada peça.
Como gerentes elas são muito mais rigorosas que os homens. São mais exigentes, mais dedicadas e mais eficientes. Não perdem a oportunidade na maioria das vezes quando lhes é dada tal chance.
Até na política elas estão se destacando cada vez mais.
Você concorda com a participação maior delas no mercado de trabalho?

Listas de materiais escolares, uma dor de cabeça para os pais

Todos os anos a situação se repete. Nem se termina bem o ano escolar e já se está gastando para o outro ano. Logo se iniciam os gastos com as matrículas para as próximas séries, compras de uniformes e materiais escolares.
As listas de materiais escolares circulam ainda antes do natal. Pais responsáveis correm logo atrás de adquiri-las, pois temem que o adicional no seu orçamento, vindo com o décimo- terceiro, seja logo dragado pelas festas ou que faltem os materiais necessários.
Algumas escolas usam de muito bom senso e lisura ao confeccioná-las, outras nem tanto, colocando materiais desnecessários aos alunos e que devem ser adquiridos pela própria escola ou direcionam as listas para certos estabelecimentos, de quem recebem comissões.
Os pais devem saber que nenhum material deve ser listado pela marca e sim pelas suas características, nem deve ser obrigatório a sua aquisição em determinado estabelecimento e ainda deve ficar atento para o conteúdo da lista, para a quantidade listada para cada item, para não ter que pagar a mensalidade da escola e ainda adquirir aquilo que é de competência da própria escola.

Brasil, um país que prefere as cotas ao desenvolvimento das pessoas

O Brasil virou um país das cotas. Há cotas para tudo. Cotas para negros nas faculdades, cotas para índios, cotas para quem estudou em escolas públicas, cotas para deficientes em faculdades e nas empresas. Só falta cotas para os sem cotas.
Não seria melhor e mais digno o governo procurar aprimorar o aprendizado? Melhorar o nível das escolas públicas? Melhor as condições de vida para todos os pobres, inclusive os negros? Em vez de dar cotas somente para uma raça, contemplar todas, atribuindo vantagens pela classe social e não pela cor do indivíduo?
Assim que se cria a discriminação racial. No futuro, ao entrar em um hospital, o cidadão vai querer saber a cor do médico, a faculdade onde ele estudou, se entrou por cotas ou não, etc, etc. O mesmo poderá ocorrer com outras profissões.
Eu daqui para frente já serei este tipo de cidadão, pois não é possível um governo tão relaxado assim em nosso país.

Você acredita nas promoções de lojas e supermercados em datas especiais?

É comum em datas especiais, como dia das mães, dia dos pais, páscoa, natal e outras as lojas e supermercados fazerem suas promoções especiais. Valores em compras, prêmios especiais e até carros são anunciados.
Atingido certo valor de compras o cliente preenche um cupom que será sorteado posteriormente.
Já preenchi muitos destes cupons e nunca ganhei nada e nem tomei conhecimento de algum amigo ganhador. Será uma fraude?
Você acredita nestas promoções?

Porque as crianças não gostam de comer verduras?

A maioria das crianças não gosta de comer frutas e verduras. Elas preferem comidas com poucas vitaminas e outros nutrientes importantes, dando preferência para as guloseimas com altos teores de gorduras, sais e outros tantos “venenos” feitos justamente para viciá-las. Porque isto acontece? No meu entender ocorre por culpa dos próprios adultos, que também foram criados assim.
Se as refeições forem adequadas, com opções abundantes e variadas de verduras frescas, é possível acostumar uma pessoa desde pequena a gostar de todos os tipos, que levará isso para o resto de sua vida, tornando-a adepta de uma alimentação saudável, que certamente se refletirá na sua própria saúde.

Você apóia os tribunais de conciliações e as teleconferências na justiça brasileira?

Creio que os brasileiros necessitam e merecem grandes mudanças, para poder acompanhar os dias atuais.
Mudanças tributárias, pois temos uma excessiva carga de impostos, muitos reincidentes, que não retornam em benefícios, como seria o seu real objetivo.
Mudanças políticas, pois estamos diante de um estado formatado em tempos de ditadura, para atender suas conveniências do momento, pouco representando nos dias atuais, onde um pequeno e pobre estado tem a mesma representação na nossa República que um pujante São Paulo ou outro, que carregam este país nas costas.
Muitas outras mudanças nós precisamos, como na área educacional, segurança e principalmente de ética em geral, desde o próprio cidadão até os mais altos políticos, que pouco representam o povo e muito mais se acham voltados para seus próprios interesses ou de seus grupos.
Mas acredito que a principal mudança que necessitamos com urgência é na Justiça brasileira. Desde os tempos de império esta casta se acha detentora de privilégios intocáveis, acima de todos os outros cidadãos, merecedores dos mais altos salários e mordomias, sustentados pelo sofrido trabalhador brasileiro, que quando a ela recorre é menosprezado e vê os anos passarem e muitas vezes vai embora desse mundo sem ver a solução para seus problemas.
Entulhada de processos, em parte pela displicência com que este poder desenvolve suas responsabilidades e em parte pela excessiva burocracia, ineficiência e falta de objetividade de nossas leis, vemos uma justiça inoperante e até inútil.
Creio também que muitas das ações não deveriam seguir caminho e serem resolvidas entre os próprios cidadãos, através do bom senso. Aí que entram os chamados tribunais de pequenas causas e de conciliações, que deveriam receber mais apoio e consideração.
A justiça também teria que acompanhar o progresso tecnológico e se utilizar mais dos recursos disponíveis, com teleconferências evitariam grandes gastos com deslocamentos de criminosos e aliviariam o bolso dos cidadãos de bem.
E você, que pensa disso?

Os investimentos para a copa do mundo e as grandes obras necessárias no Brasil

O Brasil se candidatou e foi escolhido para sediar a copa de 2014. Para isso a FIFA faz uma série de exigências, que nossos governantes estão dispostos a cumprir. Demandará grandes investimentos e o retorno não é tão garantido assim.
Será que estamos em condições de arcar com tais investimentos? Será que não seria melhor para o povo brasileiro que tal montante fosse investido em escolas, saúde, moradias, estradas, segurança e tantas outras necessidades do nosso povo ?
Vendo as catástrofes com as enchentes, por falta de obras para evitá-las, vemos o pouco caso dos nossos governantes com os contribuintes e a população em geral,
Eles pensam só no quanto um certo evento poderá render eleitoralmente.