Category Archives: Opinião

As mudanças no Lay out de nossa casa ajuda a combater a depressão

Dizem que para combater a depressão um dos remédios é sair da rotina. Sair de casa, formar novos amigos, viajar, fazer coisas diferentes.
Outra receita é também modificar o ambiente diário em que vivemos, a nossa casa. Uma simples mudança na posição dos móveis, ou até a substituição de alguns, uma nova pintura, com troca de cores. Substituição dos quadros das paredes e outras modificações no lay out do nosso lar melhoram nosso astral e nos dão força para sairmos do quadro depressivo, que muitas vezes temos e não nos damos conta disso.
Praticamente todos nós possuímos a doença do século.

O pinheirinho de natal e nosso astral

Em época de tanto pessimismo com relação à crise, que toma conta do mundo todo, precisamos de motivos para erguer o nosso astral. Um grande motivo é a época natalina, com suas cores, luminosidades e músicas.
Alguns anos atrás, uma época difícil de minha vida, o período do natal muito me ajudou, evitando que uma forte depressão tomasse conta de mim.
Ao montar o pinheirinho, expulsava a depressão. Depois de montado, o piscar de suas luzes me chamava à reflexão e fortalecia o meu interior. Parece que ele fala, trazendo mensagens fortalecedoras.
Precisávamos ter mais natais durante o ano, para que não nos deixássemos abater por poucas coisas.

Como é difícil abrir uma empresa no Brasil

Acho que somos um dos poucos países do mundo onde ser honesto e trabalhador a pessoa é severamente punida.
Aqui é mais fácil e tranqüilo trabalhar na clandestinidade que ser legalizado. Basta a pessoa ameaçar que vai abrir uma empresa que já aparece alguém ou algum órgão público com um talão para cobrar algum imposto ou taxa.
Nesse nosso país agora a pessoa honesta tem que pagar tudo em dobro e mesmo assim não tem os benefícios dos tributos que recolhe.
Paga-se muitos impostos e mesmo assim tem que pagar escola particular para os filhos, planos de saúde, segurança particular, pedágios nas estradas e outras tantas em dobro.
E o pior de tudo que ainda somos penalizados, pois além de sustentar com bolsas famílias e outros tantos benefícios uma geração de vagabundos que está se criando nesse país, por conta dos nossos atuais governantes, nossos filhos estão sendo quase que proibidos de freqüentar as faculdades públicas pela aprovação de metade das vagas para os “vagabundos”, que esse governo tanto protege.
Desta forma o Lula e seu governo vão criar no Brasil uma segregação racial de grande proporções!

Os benefícios da eletricidade nas nossas vidas

Muitas vezes não nos damos conta da presença da eletricidade em nossas vidas, mas bastam alguns minutos da sua ausência para começar a chiadeira.
Nos prédios de vários andares, sua ausência é mais sentida ainda, principalmente para quem mora nos andares mais altos, quando chega cheio de sacolas de compras do supermercado e encontra os elevadores desativados por falta de energia elétrica. Aí já começam os transtornos. Se for à noite é pior ainda. Se a falta for de várias horas, pode faltar água em todo o prédio, pois não há como as bombas funcionarem para repor o reservatório. Tudo fica mais difícil sem iluminação. Não conseguimos ver nossos programas prediletos na TV, nem usar eletrodomésticos, com a falta de energia elétrica. Nossa geladeira para de funcionar e os alimentos estragam. Sequer conseguimos tomar um banho quente, se não possuirmos sistemas de aquecedores a gás.
O desconforto é total. Percebemos então o quanto a eletricidade é importante em nossas vidas. É como se tivéssemos que ficar um dia todo fazendo todas as nossas atividades com os olhos vedados. Daríamos mais valor aos mesmos.

Quantos benefícios trouxe a descoberta da fotografia?

Você já refletiu a respeito disso? A descoberta da fotografia foi realmente muito importante. Deu-nos mais um par de olhos. Propiciou a possibilidade de transferir a imagem de um lado para outro e mais que isso, deu-nos a possibilidade de transferir as imagens ao longo dos tempos, registrar e documentar fatos e momentos.
Aos meus 50 anos, somente agora pude conhecer meus bisavós e os irmãos dos meus avos, que nem sequer podia imaginar como eles eram. A família descobriu, por acaso, uma foto de família do ano de 1928. O valor dessa foto é inimaginável. Com ela minha irmã pôde iniciar uma pesquisa e, na busca de reconhecer os integrantes da mesma, fatos reveladores vieram à tona.
Quanto a história deve às fotos. Quanto nós devemos a elas. Graças a elas podemos contar no futuro a nossa própria história e nossos descendentes certamente ficarão muito contentes em nos conhecer.

Os índios da Amazônia e a demarcação contínua das terras

Após o Lula assumir a Presidência da República houve mudanças na política com relação aos índios da Amazônia. Uma delas foi quanto à demarcação das terras indígenas. O atual governo é a favor da demarcação contínua das terras. O que significa isso? Para um fácil entendimento, anteriormente a demarcação era em forma de ilhas, com separação delas por terras não consideradas indígenas.
Esse sistema de demarcação contínua tem sido forçado por organismos internacionais e ONGs, com segundas intenções. Primeiro conseguiram que nosso governo assinasse um acordo internacional de autodeterminação dos povos indígenas. Agora querem que haja demarcação contínua das terras. Onde eles querem chegar?
Os nossos militares recentemente e abertamente condenaram a atual política do Lula, pois é clara a intenção das ONGs e dos estrangeiros. É promover a proclamação e independência de nações indígenas daquela região e conseguir a tutela delas através da ONU, que mais serve para atender os interesses dessas nações estrangeiras que do resto do mundo, que o digam os iraquianos.
Mas eles não querem preservar os índios de lá, na verdade eles querem mesmo são as riquezas naturais, vegetais e minerais, lá existentes.
Lula, pare de discursos eleitoreiros, acorde-se, cuide do nosso Brasil e deixe de ser ignorante e bobo!!!

O comércio de armas no Brasil

Há três anos foi feito um referendo para proibir a venda e posse de armas no Brasil. Alguns interpretavam que com a proibição de vendas diminuísse a criminalidade. Pura ilusão. O bandido não vai comprar sua arma em loja regulamentada e nem faz registro da mesma.
Pelas nossas fronteiras, mal vigiadas, passam de tudo, mercadorias de contrabandos, drogas, armas e munições. As quadrilhas possuem armamentos pesados, que muitas vezes nem a polícia os possui.
Por outro lado, não será a falta de arma de fogo que vai diminuir a criminalidade, pois o crime ocorre das mais diferentes modalidades, com uma arma branca ou até sem armas.
Acho que a grande arma para combater o crime no Brasil será aplicar mais recursos e melhorar a educação no nosso país, bem como criar melhores oportunidades a todos, com o Poder Público se fazendo mais presente.

Uma reflexão sobre o caso Lindemberg x Eloá em Santo André – SP

Durante mais de uma semana todo o noticiário do Brasil ficou centralizado nesse caso do seqüestro causado pelo ex-namorado da adolescente Eloá em Santo André –SP, que manteve em cárcere privado, além da sua ex-namorada outros três adolescentes. O final do caso foi trágico e a comoção tomou conta de todo o país.
Com as emoções controladas, é hora de refletir sobre todos os aspectos desse caso e tirar grandes lições. Análise sobre o comportamento dos órgãos de imprensas, polícia, governantes, legisladores, justiça do Brasil, defensores de direitos humanos, as famílias, os jovens e seus limites e o público em geral.
Cada um faz suas próprias conclusões. Eu também fiz a minha reflexão e tirei as minhas, que passo a expor abaixo, que não poderão ser as mesmas dos leitores deste texto.
Primeiro sobre a imprensa. Poucos veículos que cobriram o caso se limitaram a fazer uma cobertura jornalística responsável. Uns até poderiam ser responsabilizados pelo trágico desfecho do caso. Houve mais preocupação em concorrer pela audiência que qualquer outra coisa. Acho que deveriam ser modificadas as leis nesse caso ou pelo menos aplicar as já existentes com grande rigor, punindo implacavelmente essa irresponsabilidade.
A polícia é até difícil de analisar. A maioria da imprensa está culpando os negociadores e a ação da polícia, bem como a maioria da população, induzida por essa imprensa, que como já analisei, foi completamente irresponsável neste caso. Esquecem da dificuldade imposta pelo caso. Dificuldade por não se tratar de um criminoso comum; dificuldades impostas pela nossa legislação, pois em outro país esse bandido não permaneceria vivo até o segundo dia do seqüestro, atiradores de elite já teriam solucionado o caso; a opinião pública mobilizada por uma imprensa reprovável, onde despreparados se sobrepunham aos negociadores da policia, fazendo contatos diretamente com o bandido; a falta de um melhor preparo da policia também não pode ser ignorado. Considero inútil a discussão sobre o momento da invasão, se a policia agiu certo ou errado, se invadiu antes ou depois do bandido dar o primeiro tiro. Acho que invadiu quando julgou que era a hora e deveria ter feito isso muito antes, pois teve oportunidades para isso, somente não o fez perturbada pela reação que a opinião pública teria. Bandido tem que ser tratado como tal, não existe nenhum bonzinho.
Sobre os governantes brasileiros, em todos os níveis, vou me limitar a dizer simplesmente que são irresponsáveis, incompetentes, politiqueiros, interessados apenas em si próprios, seus grupos e seus familiares e o povo é apenas o que vai pagar a conta.
Os legisladores se enquadram no item governo. Não se preocupam com o povo e só vêem seus próprios interesses. Deveriam perder este espírito de tolerância e tomar o Brasil a sério.
A justiça no Brasil é muito tolerante, flácida e mais preocupada com teorias inúteis, com seus polpudos salários, suas regalias e privilégios, que com os fatos reais e a população.
Quanto aos defensores de direitos humanos, acho que deveriam levar os bandidos das cadeias para suas casas, sustentá-los e se responsabilizarem pelos seus atos, aliviando desta forma os ônus que a população tem com esses vagabundos. Na verdade não são defensores de direitos humanos, são apenas defensores de bandidos e deveriam estar presos com eles. Não vejo eles se preocuparem com as viúvas e nem com a criançada que ficam penando por esse mundo, após a ação dos marginais.
Quanto às famílias as vejo em decadência. Com famílias estruturadas estes casos são minimizados. A partir do criminoso, que sabemos que foi criado por tia e avó. A família da menina não é só vítima no meu entender. O erro de tudo já teve seu começo aí. Pai e mãe que se preza orienta e protege seus filhos, não permitindo que uma criança com apenas 12 anos, quando começou o seu namoro, seja dominada e usada por um marmanjo qualquer e de maior na época, cujo final todos sabemos como ficou. Acho que instituições de proteção de menores e adolescentes, que estão omissas neste caso, deveriam se preocupar com isso e talvez até enquadrar e indiciar a família da menina por omissão.
Os jovens adolescentes é um tema muito complexo. Esta idade nunca foi fácil de se lidar e hoje em dia está mais difícil ainda. Os meios de comunicações tomaram conta da sua educação. Dificilmente escutam os pais e a família mal estruturada e mal preparada não consegue impor limites, como antigamente.
A população em geral sempre tem o mesmo comportamento, como há milhares de anos. Nem os estudiosos sobre o assunto ainda conseguiram decifrar a mente humana por completo. É movida pela emoção e facilmente manipulável. Lembremos de Jesus Cristo e a atitude do povo na época. Crucifica-o! Crucifica-o!
Quanto ao bandido, acho que nem precisaria perder muito tempo com ele. Deveria receber os mesmos maus tratos que dedicou às suas vítimas e ser fuzilado em praça pública, para servir de exemplo e desincentivo aos outros.
Quanto à doação dos órgãos da menina, acho que é o mínimo que a família conseguiu fazer por ela mesma, para buscar um pouco de conforto e consolação, que não terão jamais.

Câncer de próstata e a resistência masculina aos exames

O câncer de próstata mata milhares de homens todos os dias no mundo. É uma doença tratável, se diagnosticada com antecedência. Seu diagnóstico hoje em dia já pode ser obtido por meios mais técnicos e até através de exames sangüíneos, porém o exame de toque ainda é considerado o mais eficiente e mais simples.
O problema é que por preconceito a maioria dos homens se recusa a esses exames, achando que isso lhes tira a masculinidade. Outros não morrem por esse problema, pois até fazem piadinhas, como aquele que solicitou que seu médico fizesse o exame utilizando três dedos, alegando que sempre é bom ter mais que uma opinião.

A locação substitui a aquisição de bens nos dias atuais

A locação é o tema do momento. Em todos os setores da atividade ela está presente.
Qualquer coisa hoje em dia pode ser locada, sem necessidade de se adquirir o bem que precisamos. Desta forma é possível se trocar de carro a hora que quisermos. Roupas e acessórios podem ser locadas com facilidade. Hoje em dia as mulheres locam vestidos, casacos, sapatos, bolsas, cintos e até jóias. Os homens também podem se apresentar em festas e eventos sem a necessidade de adquirir qualquer vestuário.
Há muito tempo as empresas já adotam este sistema. Construtoras e empresas montadoras da área de mecânica não tem mais necessidade de investir muito capital em ferramental e equipamentos. A maioria das grandes empresas já o fazem até com relação aos equipamentos de informática, evitando o investimento em equipamentos que se tornarão obsoletos em curto prazo.
Quadrilhas de bandidos têm sido prezas com armas alugadas de outras, para praticarem assaltos.
Até no comportamento pessoal as pessoas seguem esta tendência. O número de solteirões e solteironas tem aumentado consideravelmente nos últimos tempos, pois não vêem mais necessidade de manter uma família, aluga-se uma parceira ou parceiro só quando tiver desejo!