Category Archives: Quadrilhas

Futebol – cartão de identificação para torcedores

O ministro dos esportes agitou o meio futebolístico esta semana, ao anunciar o interesse de implantar um pacote de medidas envolvendo as condições dos torcedores nos estádios de futebol de todo o país.

Mas o item que mais chamou a atenção é a intenção de se criar um cartão magnético de identificação para cada pessoa que quiser ir ao estádio para assistir a uma partida de futebol. Este cartão conteria um verdadeiro cadastro prévio do torcedor.

A intenção do governo é criar um mecanismo de identificação dos torcedores, para coibir a violência que toma conta dos estádios brasileiros, visando também dar início às medidas de segurança para o grande evento da copa do mundo de 2014, que deverá ser realizada aqui no Brasil.

Ao criar este sistema do cartão, o ministro na verdade tenta copiar a Inglaterra, onde foi inicialmente implantado. Só não avisaram o ministro que lá não funcionou e o que realmente deu certo foi a punição severa imposta aos delinqüentes, com medidas sócio educativas, fazendo os torcedores comparecerem à justiça nos horários dos jogos, para prestação de trabalhos sociais ou para participarem de palestras educativas.

Esta medida foi recentemente imposta a uns torcedores que se envolveram em um episódio durante um jogo na cidade de Curitiba no Paraná. O resultado desta medida vem sendo considerado eficiente, tendo restringido bastante os exageros destes torcedores inconscientes.
Talvez com o início deste debate se chegue a uma medida que realmente resolva este problema da violência nos estádios.

O comércio de armas no Brasil

Há três anos foi feito um referendo para proibir a venda e posse de armas no Brasil. Alguns interpretavam que com a proibição de vendas diminuísse a criminalidade. Pura ilusão. O bandido não vai comprar sua arma em loja regulamentada e nem faz registro da mesma.
Pelas nossas fronteiras, mal vigiadas, passam de tudo, mercadorias de contrabandos, drogas, armas e munições. As quadrilhas possuem armamentos pesados, que muitas vezes nem a polícia os possui.
Por outro lado, não será a falta de arma de fogo que vai diminuir a criminalidade, pois o crime ocorre das mais diferentes modalidades, com uma arma branca ou até sem armas.
Acho que a grande arma para combater o crime no Brasil será aplicar mais recursos e melhorar a educação no nosso país, bem como criar melhores oportunidades a todos, com o Poder Público se fazendo mais presente.

Helicópteros, carros blindados, armamentos pesados. Isso traz segurança?

Quem não investe em educação tem que investir em segurança. Mas isso não vai resolver o problema. Temos visto a preocupação de toda a população com o aumento da violência, que agora não é mais problema só de cidades grandes.
De nada adianta a polícia entrar nas comunidades bem equipada e atirando. Isso não vai aumentar as oportunidades de milhares de pessoas que já nasceram e se criaram sem o mínimo de atenção, nem vai corregi-las.
Portanto só vejo uma saída, mas ela não é a curto prazo, que é buscar aumentar as oportunidades de vida digna a toda população. Não é só pensar nas crianças, pois os adultos, que não tiveram oportunidades, são os pais destas crianças e não têm preparo para encaminhá-las para o rumo correto.
No meu entender esse nosso governo petista está completamente errado, pois sobrecarregou a classe média de impostos só para fazer uma política paternalista e no fundo eleitoreira, com o objetivo de se perpetuar no poder. Não melhora as condições do ensino público e, para compensar, cria cotas e outros artifícios para se justificar. Muda os índices para não dizer que a classe média foi rebaixada para pobre e enganar a população dizendo que foi a pobre promovida para média.
E finalmente, ainda apóia outros governos totalitários.

Telefone celular assumiu o lugar do fixo

A entrada da telefonia celular no Brasil foi realmente um sucesso. Quase todas as famílias agora possuem pelo menos um telefone em casa. Isso resolve muitas situações que antes eram complicadas, como em caso de saúde e acidentes.
Muitos preferem ter um celular que um fixo, pois podem ser contatados até quando não estão em casa e na maioria dos casos, quando usados só por necessidades, seu custo é menor, uma vez que não há taxa de assinatura e se for o pré-pago é mais fácil de se controlar os gastos.
O grande problema é o uso destes aparelhos móveis por bandidos, que até de dentro de penitenciárias conseguem praticar crimes.

Scanners que vêem a pessoa nua substituem detectores de metais nos EUA

As autoridades de segurança aérea dos Estados Unidos começaram a instalar nos aeroportos mais movimentados do país scanners capazes de olhar através das roupas das pessoas.
O objetivo é substituir os detectores de metais por esses novos aparelhos, que poderão detectar armas de plásticos, de cerâmicas e explosivos.
Algumas entidades são contra estes aparelhos, que tiram a privacidade das pessoas, pois são como se a enxergassem nua.

Os bingos e as máquinas caça-níqueis

Os bingos e as máquinas caça-níqueis foram proibidos no Brasil, mas não se acabaram.
Seguido ouvimos nas notícias casos de apreensões de máquinas e de pessoas que, clandestinamente, possuem estas máquinas e casas de jogos. Sempre que se noticia um destes casos há policiais e autoridades envolvidas, cobrando propinas e até participando ativamente destas atividades. Muitas das máquinas apreendidas retornam para as atividades pelas próprias autoridades.
Acho que deveriam pagar penas em dobro tais autoridades, quando fossem pegas envolvidas com propinas ou em atividades ilícitas, as deveriam combater.

As festas juninas no Brasil e o comércio

Junho e Julho, meses de muito frio no sul do Brasil. Em algumas cidades até há precipitação de neve. È um verdadeiro contraste com outras regiões do Brasil, como o nordeste, dada a grande dimensão do nosso território.
Mas o que ocorre mesmo em todo o nosso território são as chamadas festas juninas, que justamente no nordeste são tão populares que até integram o calendário turístico.
No sul estas festas também ocorrem, porém são menores e assumem algumas características peculiares, como o consumo do pinhão, oriundo do pinheiro araucária.
Mas mesmo aqui no sul, desde o mês de maio, já se encontram nos supermercados gôndolas especializadas com produtos para estas festas, como trajes, chapéus, botinas, lenços e alimentações diversas, como cocadinha, amendoim, pinhão, doce da abóbora e outros.
O comércio é movido por datas comemorativas, mal termina uma já vem outra.

O aquecimento global, desmatamento e retirada da madeira do Brasil ilegalmente para EUA e Europa. A atuação do Green Peace

O mundo todo está mobilizado com o tema “aquecimento global”. Consideram como um dos maiores vilões o desrespeito do ser humano com a natureza em vários sentidos, principalmente pelo desmatamento desenfreado das principais florestas. Na Europa e outros continentes isso já ocorreu há anos atrás e agora essa ganância veio para o Brasil. O mundo todo reclama do desmatamento da região amazônica e culpam os brasileiros, mas não dizem que a maior parte da madeira retirada, de uma forma ou de outra, está sendo transportada para fora, principalmente para os EUA e Europa, sem controle e algumas vezes clandestinamente. São portanto mais responsáveis que nós brasileiros e nos culpam com segundas intenções, provavelmente para nos tomarem a região e dela sugarem outros recursos, principalmente minerais.
O presidente Lula ano passado até pronunciou umas bravatas, como é de seu estilo, dizendo que esse tão proclamado desmatamento não existia. Logo foi desmentido por órgãos do seu próprio governo e teve que tomar algumas medidas, ainda muito fracas.
O desmatamento da região continua, com pouco controle por parte do nosso governo e também dos países que recebem, pois para eles parece suficiente reclamar do Brasil.
No último dia 17.03.2008, militantes do Greenpeace interceptaram o “Galina III”, um cargueiro com bandeira de Malta que transportava cerca de 6 mil toneladas de madeira, a poucas milhas do porto de Caen-Ouistreham, oeste da França, com o objetivo de impedir o descarregamento da madeira em portos da Europa, exigindo que o governo brasileiro enviasse certificados que comprovassem que a madeira foi cortada legalmente.
Essa atitude ajuda um pouco, mas muita outra coisa tem que ser feita ou o planeta não terá retorno.

Cuidados na hora de se comprar um carro usado

O comércio de carros anda muito aquecido no Brasil. Para se comprar um carro novo não é preciso muita coisa, há várias marcas e modelos. Há também financiamentos facilitados.
Com tanta gente comprando carros novos e se desfazendo dos antigos, sobram carros usados no mercado.
Quem vai comprar um carro usado tem que tomar alguns cuidados, senão terá muita dor de cabeça. Há muita malandragem nesse setor. O carro tem que ser visto com cuidado, pois vendedores “espertos” sabem muito bem maquiar o veículo para valorizar. Muitos desses são sinistrados e até roubados.
Se a pessoa não tem conhecimentos técnicos suficientes o ideal é levar um mecânico ou pessoa que conheça e seja de confiança. Analisar a numeração do chassi, para verificar se não há anormalidades, pois é comum carros sinistrados serem adquiridos em leilões só para terem sua documentação e o chassi adaptados em veículos roubados. Antes de fechar o negócio o ideal é pegar os dados da documentação, principalmente o número RENAVAN e proceder a uma consulta junto aos órgãos públicos, para verificar a situação em que se encontra, quanto a liberação, taxas e multas.

Eliot Spitzer renuncia ao cargo de governador de Nova York após envolvimento com prostituta

Os políticos e os famosos não aprendem mesmo. Acho que o poder lhes dá a sensação de impunidade e seguidamente vemos um caindo nas armadilhas montadas pelas mulheres, que querem se projetar e lucrar com isso. Aqui no Brasil já tivemos vários exemplos, como Itamar Franco e mais recentemente o senador Renan Calheiros, sem citar outros famosos, como Pelé, Ronaldinho e outros.
Mas o caso mais recente e de repercussão mundial tem sido o do ex-governador de Nova York nos EUA, Eliot Spitzer, que se envolveu com uma rede de prostituição de luxo, que lhe custou o cargo. Logo ele que no passado tanto combateu isso.
De acordo com a imprensa, ele teria se envolvido com a prostituta Ashley Alexandra Dupré, que na verdade se chama Ashley Youmans, ou “Kristen” segundo os registros telefônicos do FBI.
A jovem, americana de 22 anos, sempre quis ser uma cantora, mas não conseguia projeção nesta carreira e as dificuldades da vida a transformou em prostituta.
Com esse envolvimento ela está conseguindo ganhar muito dinheiro, pois se tornou uma verdadeira estrela nos últimos dias. Já ganhou mais de US$ 1 milhão com duas canções, “What we want” (“O que nós queremos”) e “Move Ya Body” (“Mova seu corpo”), que já foram baixadas mais de 2 milhões de vezes no site www.amiestreet.com, ficando em 1.º e 3.º no “hit-parade” do site. Ela recebe 70% dos US$ 0.98 cobrados por cada download.
Os jornais também acreditam que ela estaria ainda em negociações para posar nua para revistas como Penthouse ou Hustler.
ashley-alexandra-dupre.JPG