Category Archives: Telefonia

Celular com tradução de idiomas

A tecnologia anda a ritmo acelerado mesmo. Quando pensamos que não haverá mais novidades, somos logo surpreendidos.

A área dos eletrônicos é onde mais tem aparecido as inovações, principalmente em se tratando de comunicações. Desde quando apareceu a telefonia celular não pararam as surpresa. A concorrência neste setor tem puxado os avanços.

Não demorou muito para que se juntassem as áreas de telefonia e da informática nos aparelhos celulares. Hoje parece que já é uma tecnologia consolidada. Aparelhos cada vez menores e mais leves, além de mais completos e unificadores, fazem quase tudo.

Mas sempre surgem inovações, quando pensamos que não haverá mais nada.
Agora uma fabricante da área apresentou um aparelho de celular com um software que faz a tradução de um idioma para outro. A pessoa fala em um idioma e a ouvinte ouve no outro. Basta clicar uma tecla para se traduzir no idioma desejado.

Isto é incrível! Se nos tempos antigos já houvesse essa tecnologia, não teria havido aquela confusão da torre de Babel!
Ainda vou ver muita coisa, antes de partir.

Você apóia os tribunais de conciliações e as teleconferências na justiça brasileira?

Creio que os brasileiros necessitam e merecem grandes mudanças, para poder acompanhar os dias atuais.
Mudanças tributárias, pois temos uma excessiva carga de impostos, muitos reincidentes, que não retornam em benefícios, como seria o seu real objetivo.
Mudanças políticas, pois estamos diante de um estado formatado em tempos de ditadura, para atender suas conveniências do momento, pouco representando nos dias atuais, onde um pequeno e pobre estado tem a mesma representação na nossa República que um pujante São Paulo ou outro, que carregam este país nas costas.
Muitas outras mudanças nós precisamos, como na área educacional, segurança e principalmente de ética em geral, desde o próprio cidadão até os mais altos políticos, que pouco representam o povo e muito mais se acham voltados para seus próprios interesses ou de seus grupos.
Mas acredito que a principal mudança que necessitamos com urgência é na Justiça brasileira. Desde os tempos de império esta casta se acha detentora de privilégios intocáveis, acima de todos os outros cidadãos, merecedores dos mais altos salários e mordomias, sustentados pelo sofrido trabalhador brasileiro, que quando a ela recorre é menosprezado e vê os anos passarem e muitas vezes vai embora desse mundo sem ver a solução para seus problemas.
Entulhada de processos, em parte pela displicência com que este poder desenvolve suas responsabilidades e em parte pela excessiva burocracia, ineficiência e falta de objetividade de nossas leis, vemos uma justiça inoperante e até inútil.
Creio também que muitas das ações não deveriam seguir caminho e serem resolvidas entre os próprios cidadãos, através do bom senso. Aí que entram os chamados tribunais de pequenas causas e de conciliações, que deveriam receber mais apoio e consideração.
A justiça também teria que acompanhar o progresso tecnológico e se utilizar mais dos recursos disponíveis, com teleconferências evitariam grandes gastos com deslocamentos de criminosos e aliviariam o bolso dos cidadãos de bem.
E você, que pensa disso?

Banda larga sem fio WiMax já está sendo testada e implantada no Brasil

Antigamente, quando queríamos ressaltar um avanço no desenvolvimento, fazíamos referência aos tempos de nossos avôs. Agora tudo mudou. Nos próximos anos o mundo será muitíssimo diferente do vivido pelos nossos pais e até por nós mesmos.
As comunicações tem sido um dos principais responsáveis por essa verdadeira revolução do mundo atual. A telefonia móvel e a internet caminham juntas nesse assunto. Encurtam o tempo e as distâncias e praticamente multiplicam as pessoas, quando as tornam onipresentes, podendo ter seu escritório onde elas estão e tomar decisões importantes de qualquer lugar do mundo. O Planeta está se tornando pequeno com os progressos nesses dois campos.
A internet teve um avanço significativo com a criação da banda larga e do sistema Wi-Fi. Agora está se desenvolvendo um novo sistema, que promete se expandir rapidamente e tomar conta das comunicações e de transmissões de dados no mundo todo. Trata-se do sistema WiMAX, uma tecnologia de transmissão de dados em alta velocidade, de longo alcance e sem uso de fios. Esta tecnologia permite conexões em alta velocidade com a Internet em dezenas de megabits por segundo, mais rápido que o WiFi, que funciona somente em curtas distâncias. Ela irá proporcionar o mesmo tipo de banda larga na estrada como se você estivesse em casa. A tecnologia de transmissão de dados em alta velocidade WiMax é mais veloz e tem maior alcance que o Wi-Fi e permite a oferta de banda larga em locais de difícil acesso ou onde não é viável utilizar rede de cabos ou fibras ópticas.
As seis grandes empresas de tecnologia, Alcatel-Lucent, Cisco, Clearwire, Intel, Samsung Electronics e Sprint, formaram uma aliança de patentes para encorajar a expansão do WiMAX, no mundo todo e afirmaram ter expectativa de que a criação de um pool de patentes ajude empresas envolvidas com o WiMAX a terem acesso a licenças de tecnologia patenteada a um custo previsível. Computadores avançados virão com a tecnologia embutida no final de 2008. Empresas como Nokia, Motorola e Samsung também trabalham em dispositivos móveis e infra-estrutura em WiMax. Estima-se que o número de assinantes WiMax chegue a até 100 milhões em quatro ou cinco anos.
No Brasil este sistema inicia os testes ainda em outubro de 2008 em São Paulo. Com duração de três meses, o teste poderá ser prorrogado por igual período dependendo dos resultados. Utilizando a freqüência de 2,5 gigahertz, o serviço vai oferecer acesso à Internet via banda larga com velocidade de 2 Mbps para download e 600 Kbps para upload. Os usuários precisarão instalar um modem WiMax, que é conectado à tomada elétrica para receber o sinal enviado ao computador. De acordo com as empresas envolvidas no projeto, a tecnologia WiMax em 2,5 gigahertz poderá estar disponível comercialmente no Brasil a partir do primeiro trimestre de 2009, se houver a homologação dos equipamentos.
A Telefônica, que pretende oferecer o serviço em complementação à sua rede de banda larga, tem testes previstos também no Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

NOKIA N 96 – A novidade da feira de telecomunicações

A corrida tecnológica não para. Os fabricantes brigam dia e noite. Quando um lança um modelo o outro já lança um mais avançado, que torna obsoleto o de concorrente.
Nesta semana, serão lançados aqui no Brasil, na feira de telecomunicações chamada Futurecom, vários modelos de aparelhos celulares com tecnologias das mais avançadas. Um deles será o celular N96, da Nokia.
O aparelho é o sucesso do N95 melhorado. É um smartphone com câmera digital de 5 megapixels, GPS integrado e outras funções que o colocam como o grande rival do iPhone, embora não possua a tela sensível ao toque. A câmera continua tendo lentes Carl Zeiss (marca conceituada no ramo da fotografia) e sensor de 5 megapixels, enquanto o iPhone continua com a câmera de 2 megapixels sem as lentes famosas.
Entre as novidades do N96, que diferencia do N95, está o slide duplo. A parte mais curtinha serve para controlar os vídeos e músicas, e a outra serve para controlar as funções normais do aparelho. O telefone é compatível com rede 3G (banda larga móvel por rede celular) e Wi-Fi, porém não é compatível com o sistema de TV digital brasileiro, apesar de ser compatível com o sistema europeu de TV digital, o DVB-H.
O N96 custa em torno de R$ 2.400,00 e está disponível na loja virtual da NOKIA.

Teremos a internet sem fio nos aeroportos do Brasi

A tecnologia caminha num ritmo super acelerado e quem não acompanhar vai perecer no caminho. A comunicação é fundamental nos negócios atuais e telefone já não resolve muito. É necessário transmitir dados. Aí entra a internet como a salvadora da situação.
É normal se ver executivos nos aeroportos com sua maleta de notebook, levando seu escritório portátil. Mas não basta o computador, é necessário uma linha telefônica para a conexão. Agora já temos a condição do acesso por outros meios. É a internet sem fio.
O governo brasileiro anunciou esta semana que vai implantar nos nossos principais aeroportos esse meio de acesso à internet. Isto vai facilitar a vida destes executivos, que agora poderão ser vistos sentados nos aeroportos e trabalhando, fazendo contato com o mundo todo, com seus modernos notebooks, que agora já estão sendo chamados de “Netbooks”.

Você sabe qual a diferença entre Notebook e Netbook?

Quando surgiram os primeiros computadores portáteis, chamados de “notebooks”, foi um grande espanto. Quem os possuía fazia inveja a todos. A pessoa levava junto com ela uma montanha de informações. Andava com o escritório debaixo do braço.
Mas esse escritório sofreu grande avanço nos últimos três anos, não só diminuiu muito de tamanho, como aumentou muito sua capacidade de memória e incorporou muitas outras funções, como acesso a internet sem fio, a recepção Wi-Fi. Isso está sendo chamado de “Netbook”.

Call Centers – um desrespeito ao cidadão brasileiro

Depois que criaram os tais Call Centers a vida do cidadão brasileiro ficou bem pior. Certos serviços são empurrados sem que a pessoa tenha concordado com ele. Basta uma ligação telefônica e as empresas já dizem que você concordou com a proposta e se você não ficar atento já aparece na próxima fatura.
Mas para cancelarmos um serviço ou fazermos alguma reclamação aí é bem diferente. Deixam-nos muitos minutos na espera e na maioria das vezes o problema não é resolvido. Tal dificuldade não é a toa.
Após muito clamor da população, o governo tomou uma atitude. No dia 1.º de dezembro deste ano de 2008 entra em vigor o decreto nº 6.523 de 31 de julho de 2008, que estabelece normas para estes serviços. Uma portaria assinada nesta segunda-feira, 13.10.2008, pelo ministro da Justiça Tarso Genro complementa o decreto, ao fixar o tempo de espera. As empresas que descumprirem a nova regulamentação estarão sujeitas a multas de R$ 200 a R$ 3 milhões, conforme prevê o código de Defesa do Consumidor. Os valores são determinados de acordo com a gravidade da infração e a condição econômica da empresa, entre outros fatores.
Agora a portaria estabelece o tempo máximo de um minuto para o contato direto do consumidor com o atendente nos serviços de call centers. O prazo conta a partir do momento em que o consumidor seleciona a opção “falar com atendente” no menu eletrônico.
Para bancos e empresas de cartão de crédito, o limite de tempo para atendimento é de 45 segundos, com exceção de segundas-feiras, 5º dia útil do mês e no dia que antecede e no que sucede um feriado, quando a demanda é maior.
Outras medidas são estabelecidas pela portaria. Esperamos que isso venha a resolver parte dos problemas do cidadão, que está muito indefeso perante o poder econômico estabelecido no Brasil depois do tal neoliberalismo do Sr. Fernando Henrique Cardoso, endossado e ampliado pelo Sr. Luiz Inácio Lula da Silva.

O telefone público entrou em desuso?

Com a popularização do telefone celular, o telefone público ficou relegado pela população. Qualquer um tem um celular no bolso hoje em dia. Todos preferem a comodidade de não ter que enfrentar filas ou ter que percorrer grandes distâncias até encontrar um telefone público que funcione, pois a maioria deles se encontram depredados pelos atos de vândalos sem o mínimo de educação.
Só que aos poucos a população está voltando a utilizá-los. O uso do celular, que no início parecia ser acessível pelo barateamento do valor dos aparelhos, agora já está afastando os usuários pelo alto valor das tarifas. Qualquer ligação de pouquíssimo tempo não fica por menos que R$ 3,00.
Estatísticas demonstram que aumentaram consideravelmente as vendas de cartões de telefones públicos e os celulares estão sendo mais utilizados para receber ligações somente.

Computador, telefone celular, internet, outras tecnologias fizeram o executivo moderno

A tecnologia avançou muito nos últimos anos, principalmente a de equipamentos digitais. A começar pelas máquinas fotográficas, filmadoras, aparelhos celulares, computadores e outros.
Hoje em dia, com toda essa tecnologia ficou mais fácil até para a profissão de repórter, que pode enviar textos e imagens em tempo real ou até como têm feito muitos veículos de comunicações, que fazem de qualquer cidadão um repórter, pois quase todos têm no bolso um destes aparelhos e pode contribuir com as reportagens.
Com o executivo não é diferente. Antigamente ficava-se no escritório e no máximo se tinha um aparelho de telefone fixo. Depois veio o telex e o fax, posteriormente o computador e a internet. Mas tudo isso ainda não segurou o homem de negócios trancado a quatro paredes e esperando pelas oportunidades chegarem até ele. Os dias atuais obrigaram o escritório acompanhar o executivo e quem ficar parado está fadado à falência.
A tecnologia que obrigou o executivo a sair do escritório ou o executivo moderno que puxou a tecnologia? Parece a história do ovo e da galinha. Mas a verdade é que atualmente o executivo tem escritório itinerante. Onde ele estiver está trabalhando igualmente, tomando decisões e as transmitindo pelos diversos meios de comunicações. Até de dentro de avião já é possível em muitos lugares do mundo se trabalhar como se estivesse em seu escritório na sede da empresa.
Em matéria de vendas isso é mais notório. Para se encontrar um vendedor hoje em dia é só através de telefone celular. Com computadores portáteis eles transmitem os pedidos diretamente para suas centrais de vendas, que podem também e simultaneamente serem transmitidos para outros departamentos da empresa, como por exemplo para o setor de produção, que inclui na sua programação, que também pode ter programas especiais que acionam o departamento de compras, para prever e fazer os pedidos de componentes necessários para aquela produção. O setor financeiro também é acionado e pode controlar melhor o fluxo de caixa, tanto da arrecadação quanto das previsões de gastos.
É uma corrente e quem a possui anda mais depressa e engole o concorrente. Como existe o ditado “você tem que almoçar o concorrente antes que ele o jante”.
Por outro lado essas tecnologias todas tem rapidamente criado uma legião de novos analfabetos, os que não sabem

A morte dos jornais escritos e dos outros meios convencionais de comunicações

A desenfreada evolução tecnológica tem causado uma verdadeira revolução nos meios de comunicações. Assim como no passado foi a invenção do jornal, rádio, telégrafo, telefone, televisão, telex, fax. Por último surgiu o computador e a internet. Mas não parou aí. Agora se associaram a telefonia e a internet e os meios tradicionais de informações enfrentam séria ameaça de desaparecerem.
O público atual não se contenta mais em ser passivo, em deixar o monopólio da comunicação na responsabilidade de poucas cabeças. Todos querem interagir com a notícia.
A internet propiciou a multiplicação de fontes informativas com os chamados blogs, onde qualquer pessoa pode criar sua fonte de notícias e até ter seu público cativo. Há blogs que se comunicam diariamente com milhares de pessoas.
O público mais jovem, a geração que já nasceu com a internet, não se dispõem a comprar jornal escrito, onde além de gastar tempo e dinheiro para adquiri-lo tem que garimpar em meio a um mar de propagandas e outros assuntos que passam muito longe de seus interesses. É mais prático abrir a tela do computador e buscar o assunto que convém para o momento através da internet. Há também as chamadas comunidades sociais, onde se agrupam interesses e se interagem a distância, podendo até atravessar continentes.
O desenvolvimento da telefonia móvel, agora associada à internet, com aparelhos digitais multifuncionais, capazes de reunir em um só aparelho quase tudo que se possa exigir de uma mídia completa, a pessoa pode interagir com a notícia em qualquer lugar onde esteja.
Estas tecnologias estão fazendo o grande diferencial, que tornam a mídia escrita ultrapassada e insuportável para os dias atuais e praticamente decretando a morte dos meios convencionais de comunicação.
Estes assuntos foram levados à pauta da 64ª Assembléia Geral que a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) realizou em Madri recentemente.