Category Archives: Uva

Cerveja de casa, geléias e doces caseiros

Quem mora em cidade grande só vê isso em feiras, mas quem mora em cidades do interior está acostumado com essas guloseimas.
No interior quase todas as casas têm alguma coisa feita por eles mesmos, sem conservantes e sem produtos artificiais.
Lá encontramos os doces e geléias das mais variadas frutas, como pêra, marmelo, uva, etc. Bolacha e macarrão caseiros também são facilmente encontrados e muito gostosos.
As bebidas também são facilmente encontradas, como vinho, suco de uva, licores caseiros e a tradicional cerveja caseira.
Por lá quase em todas as casas é encontrada, principalmente em épocas como páscoa e natal. As qualidades são as mais variadas. Uns fazem umas cervejas impossíveis de se beber, porém sempre há os especialistas, que não erram nunca e suas bebidas são comparáveis às industriais.
Atualmente já é possível também em alguns lugares, principalmente em restaurantes e lanchonetes à beira das estradas, se encontrar todas essas produções caseiras.

Os produtos orgânicos nos supermercados

Cresce a cada dia o comércio dos chamados produtos orgânicos nos supermercados. As gôndolas de supermercados dispõem hoje de bastante espaço para estes produtos.
Frutas, verduras e hortaliças em geral. Com preços maiores que os normais e normalmente com aparência pior eles são vendidos como produtos produzidos isentos de inseticidas e outros venenos.
Mas será que são mesmo ?

Superstições e simpatias para começar bem o ano.

Na passagem de ano muitos são os que acreditam em um
monte de coisas, que supostamente farão com que o novo ano seja bom para elas. A mais conhecida é iniciar o ano com roupas brancas, mas outras cores também tem seus simpatizantes e suas referências.
A alimentação também tem lugar nestas crendices, como comer uvas; a fruta româ e guardas suas sementes; comer somente carne de animais que fuçam para frente, como porco e não os que siscam, como frangos. Guardar a tapa da primeira garrafa de espumantes e muitas outras crendices.
Mas nada disso adianta. O que resolve mesmo é acreditarmos em nós mesmos e partirmos para a luta, não acreditando que governantes ou os outros vão resolver os nossos problemas.

Vinho e suco de uva-Benefícios e Malefícios

O efeito benéfico do consumo moderado de vinho auxiliando na prevenção de várias doenças tem estado em evidência principalmente a partir da década de 90, com muitas pesquisas sendo realizadas no mundo todo.
Profissionais da saúde muitas vezes relutam em prescrever uma taça de vinho aos seus pacientes com receio de que possam ocorrer abusos, principalmente por parte de pessoas que sofreram ou sofrem de dependência alcoólica ou de outras doenças que impeçam a sua utilização. Por consumo moderado entende-se 1(um) cálice diário para as mulheres e 2(dois) cálices diários para os homens, preferentemente junto às refeições.
O principal componente do vinho responsável pelos benefícios é o resveratrol, presente na uva preta, em especial na casca que utiliza esta substância também para proteger a fruta contra as pragas (insetos e fungos).
Alguns estudos tem mostrado que o suco de uva pode ser também benéfico à saúde. As uvas escuras são boas para a saúde da mesma forma que o vinho, tendo o mesmo poder anti-oxidante contra as doenças, devido à presença de substâncias chamadas de flavonóides, que protegem o coração. Os flavonóides encontrados na uva, e no suco de uva, tem mostrado que também, como o vinho, previne a oxidação do chamado mal colesterol, LDLs ou Lipoproteínas de Baixa (Low) Densidade. que levam à formação de placas de aterosclerose nas paredes das artérias.
Benefícios do consumo moderado de vinho:
– Aumento do HDL colesterol (bom colesterol);
– Protege o sistema cardiovascular, evitando ataques cardíacos e derrames;
– Aumenta a resistência dos vasos sangüíneos;
– Auxilia no processo de digestão;
– Tem efeito tranqüilizante, auxiliando no controle do stress e tornando o sono mais repousante;
– Retarda o processo de envelhecimento e por conseqüência o surgimento de doenças como o câncer e o mal de Alzheimer;
– Diminui a formação de pedras nos rins;
– Não engorda.

Acho que o vinho é bom mesmo, pois a família da minha mãe, descendentes de italianos e fabricantes de vinhos, bebiam diariamente vinho, só que não era em quantidades moderadas. Todos viveram mais de 80 anos. Da família só restam as duas irmãs, a minha mãe com 83 anos e a irmã dela, minha tia, que tem 89 anos e bebe vinho ainda hoje, em todas refeições.