Category Archives: Vida

Meditação na cura de doenças

Os orientais há muitos anos praticam a meditação como recurso para muitos males do corpo e da alma.

No Brasil cada vez mais se buscam os modelos alternativos para a cura de certas doenças, como a acupuntura, remédios feitos de ervas naturais e agora até a meditação.

Depoimentos de pessoas em reportagens dão conta que praticando a meditação estão conseguindo alivio para enxaquecas e outras dores de cabeças, diminuição da ansiedade, depressão e outras doenças.

Grande parte das doenças é psicológica e nesses casos a meditação se mostra bastante eficiente.

Esteira elétrica ou mecânica para ginástica

Todos os especialistas recomendam a prática de exercícios físicos para melhoria da saúde. Diminui o colesterol, a obesidade, a depressão, a diabetes, fica mais controlado, melhora a circulação sanguínea e tantos outros benefícios.
Uns vão praticar o futebol uma vez por semana, as famosas peladas. Nesta prática, forçam muito a musculatura e de maneira errada e se machucam muito.
O melhor mesmo são as caminhadas. Aí surge outro problema, pois nem todos têm um lugar adequado nas proximidades de suas casas, como um parque, um clube ou um lugar tranqüilo e sem o perigo e a poluição dos automóveis pelas ruas das cidades.
Alguns preferem comprar equipamentos de ginásticas e praticar os exercícios em casa. O equipamento mais usual é a esteira, que pode ser mecânica ou elétrica.
Porém a esteira em casa não é a mesma coisa que em uma academia ou uma boa caminhada em um parque. No início a pessoa até faz uso, mas com o passar do tempo fica mais uma “tralha” para usar o espaço e ficar atrapalhando dentro de casa.
Mas sempre devemos arrumar uma forma de praticar nossos exercícios físicos, para o bem de nossa saúde.

Infecção hospitalar no Brasil

O problema da saúde pública no Brasil é gravíssimo. E não é por falta de recursos, mesmo sem a famosa CPMF, que tanto nos torturava e não serviu para nada, além de encher os cofres do governo, que desviava aquela vultuosa quantia arrecadada todos os meses, para outras finalidades e desmandos com o nosso dinheiro.
Basta necessitar de um hospital que teremos muito a reclamar. Mesmo não sendo pelo sistema público de atendimento o mau atendimento é notório. Faltam equipamentos e profissionais qualificados.

Mas um dos maiores problemas nos hospitais brasileiros é mesmo o da infecção hospitalar. As pessoas torcem para não necessitarem de um hospital, pois a falta de higiene, falta de cuidados e outros descuidos, tornaram os hospitais brasileiros umas verdadeiras arapucas para se morrer, onde se entra bom e se sai num caixão, vitima de infecção.

Será que um dia isto terá fim?

A qualidade de vida no interior

Ouve-se muito que as pessoas têm procurado fugir dos grandes centros urbanos para o interior em busca de melhor qualidade de vida.
A vida na cidade é atribulada, com pressões de toda ordem. Corre-se o dia todo. O trânsito também contribui com o estresse. Paga-se por tudo que se faz, até mesmo o laser não sai de graça. O repouso noturno também não é garantido, com barulho de trens, ônibus, carros, sirenes de ambulâncias e policiais, quando não se mora próximo a casas noturnas, onde piora em muito.

Porém a vida no interior não é só vantagem, pois lá aparecem outros problemas. Lá não temos tudo de que precisamos com a mesma qualidade dos grandes centros urbanos. Basta necessitarmos de um atendimento médico mais complicado e já sentimos isto. Quando necessitamos certos produtos, temos dificuldades de encontrá-los. Em muitos lugares se quer temos as utilidades básicas, como eletricidade, água tratada e saneamento.

Mas o pior de tudo é o campo de trabalho, que é muito restrito e de baixos salários. Pode-se ter uma ótima qualidade de vida no interior, desde que se tenha a garantia de um bom emprego ou uma aposentadoria de um político.

A dieta do mediterrâneo pode prolongar a vida mesmo?

Ouvimos com freqüência vários tipos de dietas. A maioria são receitas para emagrecimento outras para prolongar a vida. Dieta da lua, dieta do sangue, dieta da água, dieta disso e daquilo.
Uma reportagem recente de uma emissora de TV falava da dieta do Mediterrâneo. Dizem que na região italiana do Mediterrâneo as pessoas tem vida prolongada, devido a alimentação da região, com consumo diário de vinho, óleo de oliva e peixes, principalmente a sardinha e peixe espada, que são ricos em ômega três, que é anti-oxidante e retarda o envelhecimento das células do nosso organismo.
Alguns dizem também que a alimentação baseada em frutas, verduras e cereais também nos deixam com mais saúde e retardam o nosso envelhecimento.
Tudo isso pode até ser verdade, mas acho que deve ser combinado com a prática regular de exercícios físicos e deve-se evitar o estresse, coisa difícil nos conturbados dias de hoje.

Porque as crianças não gostam de comer verduras?

A maioria das crianças não gosta de comer frutas e verduras. Elas preferem comidas com poucas vitaminas e outros nutrientes importantes, dando preferência para as guloseimas com altos teores de gorduras, sais e outros tantos “venenos” feitos justamente para viciá-las. Porque isto acontece? No meu entender ocorre por culpa dos próprios adultos, que também foram criados assim.
Se as refeições forem adequadas, com opções abundantes e variadas de verduras frescas, é possível acostumar uma pessoa desde pequena a gostar de todos os tipos, que levará isso para o resto de sua vida, tornando-a adepta de uma alimentação saudável, que certamente se refletirá na sua própria saúde.

O Brasil será um país de velhos?

As estimativas do IBGE são que a partir de 2040 haverá mais velhos que jovens até 14 anos no Brasil. Isso se deve à diminuição da taxa de natalidade, à diminuição da família brasileira, com campanhas educativas e de planejamento familiar, intensificadas nos últimos anos, bem como o aumento da expectativa de vida dos brasileiros. Hoje em dia, com as melhorias da medicina e o maior acesso a remédios e melhores condições de vida, o brasileiro sobrevive mais, morrendo com mais idade.
Isso acendeu a luz vermelha, pois vivendo mais os nossos idosos ficarão mais anos sob os benefícios da previdência social, já deficitária, conforme se divulga por aí.
Por isso, há alguns anos atrás, ainda no governo de FHC, quando se lançou a campanha da vacinação dos idosos contra a gripe, muitos deles não tomavam a tal vacina nem amarrados, pois circulou um boato que a tal injeção era para matá-los aos poucos, para gerar economia à Previdência Social.

As mudanças no Lay out de nossa casa ajuda a combater a depressão

Dizem que para combater a depressão um dos remédios é sair da rotina. Sair de casa, formar novos amigos, viajar, fazer coisas diferentes.
Outra receita é também modificar o ambiente diário em que vivemos, a nossa casa. Uma simples mudança na posição dos móveis, ou até a substituição de alguns, uma nova pintura, com troca de cores. Substituição dos quadros das paredes e outras modificações no lay out do nosso lar melhoram nosso astral e nos dão força para sairmos do quadro depressivo, que muitas vezes temos e não nos damos conta disso.
Praticamente todos nós possuímos a doença do século.

A catástrofe das enchentes no Estado de Santa Catarina

O Brasil não é um país de grandes catástrofes naturais, porém de vez em quando aparece alguma inesperada, como as enchentes que tanto estrago e vítimas causou em Santa Catarina neste ano de 2008.
Estas enchentes já trouxeram grandes prejuízos e vítimas em 1983, quando o vale do Itajaí foi duramente castigado. Em razão daquela catástrofe surgiu uma das festas mais tradicionais do Brasil, que é a Octoberfest em Blumenau. Esta festa foi criada para auxiliar na recuperação da região, após aquela grande catástrofe.
Que Deus tenha piedade dos habitantes desta região, um povo ordeiro, trabalhador e muito importante para todos nós brasileiros.

AVC – acidente vascular cerebral, o famoso derrame cerebral

Uma das maiores causas de mortes no Brasil, não exclui classes sociais e nem mesmo faixas etárias. Pode ocorrer em qualquer idade e normalmente não avisa quando vai ocorrer.
O derrame ou AVC é causado é causado pela falta de irrigação de sangüínea no cérebro, seja por um rompimento ou entupimento de vaso. Ocorre morte dos neurônios da área afetada e se o paciente não for atendido a tempo pode provocar lesões mais graves e levar à morte.
A melhor maneira de evitar a doença é cuidar com os fatores de risco, como obesidade, hipertensão, diabetes e colesterol alto. Poucas pessoas monitoram estes itens e quando menos se espera são vítimas de AVC. Esses itens são causados por falta de cuidados na alimentação, como muito sal, comidas gordurosas, muita massa e outros alimentos não recomendados e também pela falta de exercícios físicos, fumo e estresse.
Os sintomas mais comuns são a tontura, dores de cabeça, perda de visão, dificuldade na fala, dormência em braços e pernas, náuseas.
Pode ocorrer em qualquer sexo e em qualquer idade, mas é mais comum nos homens acima de 60 anos.