Publicidade



Como podem haver tantos descontos nas liquidações das lojas?

Sempre no começo de cada ano as contas chegam aos montes nas casas dos brasileiros, além da exaustão total das reservas, causada pelas longas festas que se iniciam com o natal, passando pelo dia primeiro do ano, carnaval e o período de férias de verão, deixando-nos sem poder de compra algum.
É um período crítico para as lojas, que também atravessam dificuldades nessa época do ano. Surgem então as já tradicionais liquidações, onde tudo é colocado à venda por descontos assustadores e inacreditáveis.

Diante de descontos tão grandes ficamos a questionar. Mas se nesta época é possível se vender um bem por esse valor, porque não se vende ao longo do ano por valores menores? Estariam as lojas explorando a população ao longo do ano com os valores das mercadorias de maneira exorbitante? São indagações que todos fazemos.

Porém se analisarmos profundamente a questão, veremos que não é bem isso e que tem outros aspectos envolvidos. Citarei alguns, somente sob meu ponto de vista e com base em minhas análises e conhecimentos.
As contas das lojas, que investiram no estoque esperando grandes vendas de final de ano, começam a vencer e muitas delas não conseguiram boas vendas e têm que fazer caixa rápido, preferindo perder um certo percentual no valor das mercadorias que pagar exorbitantes juros aos bancos.
Muitas das mercadorias colocadas a venda nas liquidações são aquelas ditas “encalhadas”, com algum defeito ou por ser um modelo não muito procurado, que se não for aproveitado esta animação do público, ficará por mais um longo período tomando espaço da loja, depreciando ainda mais, sem render nada o capital investido nelas.
Alguns produtos, embora em bom estado e modelos ainda vigentes, principalmente equipamentos eletrônicos, devem ser vendidos logo, ter rotatividade, pois serão substituídos em breve por modelos mais atuais, com novas tecnologias e ficarão “encalhados” para sempre.
Também há o fator propaganda, sendo essa uma forma de se investir para divulgar o nome da loja e torna o cliente um fiel consumidor do estabelecimento, fazendo frente a concorrência.
Vários são os motivos, com cada loja tendo os seus. Em vista disso já se criou na população aquela expectativa, com muitas pessoas fazendo suas reservas financeiras só para aproveitar essa época e adquirir aqueles bens que necessitam, por preços mais baixos e vantajosos.

Publicidade