Publicidade



FPS – Fator de Proteção Solar. Você sabe o que significa?

Chegado o verão é tempo de férias, praias e muito sol. O sol é bom, porém em excesso traz conseqüências muito graves. Além das queimaduras da pele, que dói muito e forma bolhas, a longo prazo pode até causar o câncer de pele.
Portanto, devemos tomar muito cuidado quanto ao horário que vamos ficar expostos e mesmo assim devemos nos proteger com produtos especialmente fabricados para isso.
Usamos o protetor solar para impedir que a luz ultravioleta cause danos à pele. Existem duas categorias de luz UV, a UVA e a UVB, que são levadas em consideração quando falamos sobre o protetor solar. A UVB provoca queimaduras solares e a UVA tem efeitos mais em longo prazo sobre a pele, como o envelhecimento precoce. Os índices de FPS, ou fator de proteção solar, foram apresentados em 1962 para medir o efeito de um protetor solar contra os raios UVB.
Para determinar o FPS de um protetor, cientistas reuniram 20 pessoas com sensibilidade ao sol e mediram a quantidade de raios UV necessária para que elas ficassem vermelhas sem usar o protetor solar. Depois, refizeram o teste com o uso do protetor solar. O número “com protetor solar” é dividido pelo “sem protetor solar”, e o resultado é arredondado para baixo dentro dos cinco números mais próximos. Esse é o FPS.
Os índices de FPS começam no 2 e recentemente chegaram ao 70. Para descobrir por quanto tempo você pode tomar sol com um determinado FPS, use essa equação:
Quantidade de minutos até a pele ficar vermelha sem o protetor solar x
o índice de FPS = tempo máximo de exposição ao sol
Por exemplo, se a pele fica vermelha depois de 10 minutos de exposição, um FPS 15 irá permitir que você tome sol por até 150 minutos sem se queimar.

Publicidade