Publicidade



Listas de materiais escolares, uma dor de cabeça para os pais

Todos os anos a situação se repete. Nem se termina bem o ano escolar e já se está gastando para o outro ano. Logo se iniciam os gastos com as matrículas para as próximas séries, compras de uniformes e materiais escolares.
As listas de materiais escolares circulam ainda antes do natal. Pais responsáveis correm logo atrás de adquiri-las, pois temem que o adicional no seu orçamento, vindo com o décimo- terceiro, seja logo dragado pelas festas ou que faltem os materiais necessários.
Algumas escolas usam de muito bom senso e lisura ao confeccioná-las, outras nem tanto, colocando materiais desnecessários aos alunos e que devem ser adquiridos pela própria escola ou direcionam as listas para certos estabelecimentos, de quem recebem comissões.
Os pais devem saber que nenhum material deve ser listado pela marca e sim pelas suas características, nem deve ser obrigatório a sua aquisição em determinado estabelecimento e ainda deve ficar atento para o conteúdo da lista, para a quantidade listada para cada item, para não ter que pagar a mensalidade da escola e ainda adquirir aquilo que é de competência da própria escola.

Publicidade