Publicidade



O turismo é movido pelos aposentados

Os aposentados são praticamente os que movem a indústria do turismo no mundo atualmente. Não me refiro aos aposentados brasileiros, que não conseguem sequer cuidar da sua saúde, tão precário é o valor que recebem, mas os aposentados europeus, principalmente são os que mais viajam e gastam, movimentando os vários segmentos do turismo.
Na cidade onde eu moro, a bela Curitiba no Paraná, é comum vermos pelos vários parques que a cidade possui ou nos muitos restaurantes, quase todos italianos, do bairro gastronômico de Santa Felicidade, ônibus com visitantes estrangeiros. Eles têm tempo, dinheiro e vontade de viajar e conhecer novos lugares.
Movimentam agências de turismos, transportes, hotéis, restaurantes e muitos outros segmentos de prestações de serviços, sempre dispostos a servi-los.
No Brasil nossos aposentados costumavam gastar nos bingos, hoje proibidos. Mas o que está crescendo em todas as cidades são as casas dançantes para a terceira idade, que preenchem as tardes destas pessoas, expulsam a solidão e a depressão e ainda conseguem dar início a esperançosos e empolgados casamentos de pessoas com mais de sessenta anos de idade.

Publicidade