Publicidade



Os males do cigarro e o combate ao tabagismo. O cigarro eletrônico

Todos sabem o mal que o cigarro faz à saúde humana, porém as pessoas continuam aderindo a esse vício. Os governantes de todo o mundo já perceberam o quanto custa o vício de alguns ao resto da sociedade. Muito dinheiro público é gasto com essa gente. Quer seja na saúde, quer seja em propagandas antitabagismo. Em todo o mundo, governos apertam o cerco contra os fumantes e rigorosas leis anti-tabaco são criadas.
O pior de tudo é a falta de respeito dos fumantes com as outras pessoas em volta, que se tornam fumantes passivos.
Para driblar esse combate e continuar faturando em cima dos viciados, agora criaram o tal “cigarro eletrônico”. Você o fuma como se fosse um cigarro comum. No momento em que você faz força para inalar, uma pequena bateria vaporiza um líquido dentro do cigarro, produzindo fumaça. Você tem a opção de escolher a carga de nicotina que quer fumar, ou simplesmente escolher apenas soltar fumaça pela boca. A fumaça oriunda é só um simples e inofensivo vapor, prometem os criadores do tal cigarro.
Isso resolve só parte dos problemas, pois o mal que a nicotina continua causando aos viciados não é eliminado e os custos ao resto da sociedade continuam existindo.

Publicidade